2 de outubro de 2008

' Só Neste País !

2º Feira . Estou na Loja do Cidadão, porque preciso de ir buscar um papel importante para a minha mãe. Entro às 12h. A minha senha é a 383. Está no 104. Entro nas aulas às 13h, por isso não tenho tempo, venho embora. À tarde, volto. Entro às 17h. Vou tirar uma senha. No espaço onde supostamente diz 'senha A' está um aviso a dizer 'para casos a tratar relativamente aos serviços de senha A, tirar excepcionalmente senha C'. Eu tiro senha C. Às 18h40 sou atendida. A mulher diz-me que para o que eu quero tem de ser a senha A. Eu refilo, barafusto, digo que ela tem de me atender, que estava a dizer para tirarmos senha C. Ela diz que agora já não está e blá blá blá pépépé . Eu não estou para me chatear com a cabra e vou tirar uma senha A, também já está quase a fechar e só faltam 11 números. Espero meia-hora por 11 números (3 pessoas a atender a senha A, só que elas em vez de trabalharem estão na conversa umas com as outras, é filhos, é maridos, é empregadas domésticas, é sobrinhos, sogras, piriquitos, e trabalho ? Nada). Chego e peço o documento que quero . 'Olhe, tem de ser a sua mãe a vir aqui . ' . Desculpem ?! Eu tinha o BI dela, o Meu BI (caso desconfiassem que era minha mãe) ... 'Ah e tal estou aqui há duas horas e meia, doente e cheia de febre, à espera, não pode abrir uma excepção?' . 'Ah e tal azar, não posso fazer nada'.


AZAR ?! eu é que não sou peixeira nem conflituosa, senão tinha logo pedido o Livro Amarelo xD sim, eu estava super doente, cheia de febre, a desfalecer, naquele ambiente cheio de gente e com ar condicionado, e depois de estar horas à espera dizem-me aquilo ? de ser a minha mãe a ter de ir lá buscar, ainda percebo . agora a cena da senha é que me ultrapassa...

Só neste país... (é que se diz 'só neste país' :P)

- A Lei da Atracção em Acção -

*naquele restaurante que serve Pittas Shuarmas, não sei agora o nome, ele pede um menu e eu peço só uma pitta; a mulher põe no tabuleiro a bebida do menu e um copinho com aquele molho delicioso*

eu - então e eu não tenho molho ? também quero molho ? porque é que ela não pôs molho para mim ?

ele - porque tu não pediste menu.

eu - mas eu quero molho. pede aí

ele - pede tu.

*e a mulher põe mais um copinho do molho no tabuleiro*

eu - é o que eu digo, penso nas coisas e elas veem ter comigo

ele - pensaste foi alto demais, a mulher ouviu o que tu tavas a dizer .

LOOOL

6 comentários:

MARiiA disse...

Hehe o meu sonho é fazer penalti com um ganda jarrao de sangria =D

happy happy happy!!!

Andreia do Flautim disse...

Epah, realmente isso de estar na fila e depois não ser atendida... A outra mulher podia-te ter avisado!!

Olha, pensar assim toda a gente adivinha!

B! disse...

Odeio a loja do cidadão, é um dos piores sítios em termos de organização em Portugal. Estamos horas e horas à espera da nossa vez, as pessoas que lá "trabalham" fazem tudo menos trabalhar e ainda são mal educadas como tudo!

enfim... Portugal!

MARiiA disse...

ja devias saber que o atendimento no posso país é algo de extremamente arrebatador xD

Eu tinha feito logo uma peixarada que ia tudo nas horas de estalar...e era atendida no minuto

Menina disse...

Ya essas coisas são uma merda...tar tanto tempo à espera para nada..é revoltante!

bjs*

That.Girl disse...

Tristeza de país... -.-'