28 de novembro de 2009

' Plus+

















(a de amarelo): Modelo Plus-Size ("tamanhos grandes")



(a na passerelle): Modelo "normal"

As estantes das livrarias estão repletas de Best Sellers sobre como emagrecer em tempo recorde e ser, entre tantas outras coisas, uma pessoa com padrão físico aceitável. Mas aceitável para quem? Afinal, você deve emagrecer para se sentir melhor ou para fugir dos olhares maldosos alheios?

Em uma loucura desenfreada, mulheres acima do peso devoram esse tipo de literatura para serem aceitas por uma sociedade preconceituosa. São dietas dos pontos, da sopa, das proteínas, e mais uma infinidade de sentenças de greve de fome em forma de livro. Mas o que essas mulheres se esquecem é que nem sempre emagrecer é o melhor remédio para uma pessoa acima do peso. Um grande emagrecimento, em um curto espaço de tempo, pode comprometer seriamente a sua saúde. Mas isso, eu tenho certeza, você está cansada de saber. Assim como também já está cansada de saber sobre a terrível falta de elasticidade na pele que o efeito sanfona provoca. Isso sem contar no seu mau-humor que, sem dúvida, fará parte do resultado de sua dieta milagrosa.

Mulher que emagrece muito rápido torna-se demasiadamente chata. Fica contando calorias no jantar, recusa-se a tomar um sorvetinho no sábado à tarde com o maridão. E o pior, ainda faz um escarcéu insinuando que o companheiro está tentando sabotar a sua dieta só para vê-la eternamente gorda e, com isso, nem um pouco atraente para os outros homens. E a mulher em regime vai mais além em suas sandices. Foge das confraternizações de final de ano na empresa só para não se deparar com os canapés deliciosos. Foge também das reuniões de família e, conseqüentemente, dos bolos que a avó prepara, das tortas que só a sogra sabe fazer e dos irresistíveis salgadinhos feitos pela mãe.

Enfim, se inicialmente você pretendia ficar magra para ser aceita pelos outros, acabará, na verdade, se afastando de todos. Para completar, será uma magra solitária, frustrada por não poder comer e fazer o que bem entender, e com uma provável gastrite. Sem esquecer que você terá uma irremediável pele flácida e um rosto que, certamente, estampará olheiras escuras e profundas. Parabéns! Você terá uma aparência cadavérica, será triste e não terá ninguém por perto.

É realmente isso que você quer para a sua vida?

Porque eu tenho algo muito diferente pra te propor. Que tal um manual que poderá te ajudar a ser feliz, muito feliz, assim, do jeitinho que você é? Um manual em que o emagrecimento não seja o seu principal objetivo, mas a conseqüência de uma vida bem vivida.

É um super manual com dicas para alavancar a sua auto-estima, ser uma fera no sexo, valorizar o seu tipo físico e cuidar da sua saúde. Imagine poder conquistar o homem que você quiser, despertar olhares de admiração e inveja em uma festa… Isso é possível! Você vai aprender a se aceitar, a valorizar o seu corpo e a conhecer as suas qualidades. Qualidades essas que te faz uma mulher muito especial. Afinal, para que querer ser igualzinha a todo mundo, quando na realidade você pode ser única?

E não pára por aí. Pra te dar um ânimo extra, este manual traz depoimentos especiais de mulheres acima do peso, e que são muito poderosas. Elas revelam seus segredos e te ensinam como se tornar um mulherão, com todas as letras.

Pronto! É só começar a ler o seu manual para mulheres acima do peso e colocar as dicas em prática. A sua vida vai mudar para melhor!


A ideia de que as modelos têm de ser esqueléticas revolta-me. Elas vendem roupa, e o público-alvo não são Naomi Campbells, nem Heidi Klums, são pessoas reais, não é preciso ter um curso de Marketing para saber isto..lol. Revolta-me que já me tenham fechado imensas portas por eu não ter 60 cm de cintura, 80 de quadril, nem 1m70 com 50 kg... revolta-me que me tenham dito N vezes 'tens uma cara comercial e és fotogénica mas tens de perder 20 Kg'... quando eu não consigo, não quero, nem vou perder 20 kg... revolta-me que, acima de tudo, o modelo de beleza de hoje em dia seja o que é... que muitas de nós entrem em dietas loucas em prol de uma imagem que não existe na realidade... revolta-me entrar numa loja de roupa e não encontrar números acima do 38... revolta-me que as próprias modelos plus-size sejam consideradas como tal ("tamanhos grandes"), porque elas são tudo menos gordas... revolta-me. pois eu peso quase 70 Kg (digo 'quase' porque não me peso há muito tempo), tenho 106 cm de quadril,sim,tenho uma anca do caraças... (ainda me lembro de ver num episódio do 'Brasil's Next Top Model uma das raparigas mais LINDAS que lá estava que foi rejeitada porque tinha 'um metro de quadril,minha nossa!' -.-) ... e nem por isso me considero gorda... só oiço pessoas a dizer 'não acredito que pesas isso' como se fosse uma coisa do outro mundo, quando 70 kg é um peso normalíssimo... não vou virar aquelas gajas sempre mal-dispostas por não comerem bem, não me vou privar de nada, enquanto for saudável e me sentir confortável no corpo que tenho... por isso, admiro muito a indústria plus-size modelling, sempre admirei (que, obviamente, atrasados como somos, não existe ainda em Portugal)... moças lindas de morrer, com os seus kilinhos a mais é verdade, mas lindas... acima de tudo, mulheres reais, com curvas reais, com tipos de corpos que encontramos na rua, nos transportes, nos cafés e nas lojas de roupa... e quem diz gordura, diz outros atributos físicos... que é preciso ser loira, que é preciso ter as pestanas grandes, que é preciso ter lábios grossos, que é preciso ser alta, ter peito pra cima de 36, que não pode ter estrias nem celulite, tudo tretas... somos todas lindas à nossa própria maneira. sou contra a ditadura da moda, sou a favor da auto-estima. (e agora vou almoçar - sim, almoçar às 16h, eu sei)) um belo de um esparguete com carne e molho e tudo a que o meu corpinho tem direito, sem problemas, sem traumas, sem complexos, com muita auto-estima e muita satisfação porque estou a morrer de fome, e muito orgulho nos meus 70 kilinhos :P )


foi por isso que eu e uma 'amiga' criámos este blog: http://bigbeautifulgirls4.blogspot.com/

Because beauty comes in every shape and size

Muaah @

10 comentários:

Eu(Pleasures)@ disse...

NAo gosto de ver esqueletos andantes no meio da rua noa xD Tas mt bem assim My litlle Duck =P LOL Amo mt voce @

Serpa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
B! disse...

Ainda bem que te sentes bem com o teu corpo ;)

Se pudesse e percebesse de HTML ajudava-te! Eu também queria mudar um pouco o meu blog mas vou ter de me aguentar...

Morce disse...

Oh pá eu arranjei-te um jovem que te fazia isso, mas não se bem porquê, ele não aparece on-line para eu lhe dar nas orelhas =(

Jo disse...

Apesar de nunca te ter pedido um favor, isto nunca se sabe... portanto mais vale passar já às ajiudas e deixar os favores pa depois. Eu sei qq coisa de html, mas nao é nd de especial... basta fazeres um search pela net para encontrares varias dicas!

Vou ja imediatamente ao teu novo blog, pq ainda ontem chorei desalmadamente EM HORARIO LABORAL por causa da minha barriga de quarentona.

:(

*

Jo disse...

ppoiis.. mas o pior é qd tu te tentas aceitar, e ate fazes um esforço para melhorar, e vem alguem e taruz..! Diz-te qq coisa do genero "com a tua idade, nao podes ter essa barriga".

é horrivel, juro-te.

mas obg pelo elogio querida, es um doce!

Alex Page disse...

Nem só para as raparigas isso é um grande problema. Muitos rapazes passam por isso. Querem emagrecer porque se acham gordos... e depois quando acrodam, realizam, que passaram os limites, ja nao conseguem voltar ao normal. Ficam magros de mais e engordar um ou dois quilos torna-se impossivel.

É este o nosso mundo... o cliché...

it's a beautiful li(f)e, isn't it?

Lane Ferreira disse...

Tens toda razão amiga...
Um modelo de beleza não tem a haver com kgs q vc pesa e sim com sensualidade, elegancia, com atitude....

É inacreditável esta ditadura da magreza em que vivemos... mas, nós vamos mudar isso!!!

O mundo é das mulheres reais com curvas... o mundo é nosso!!!!

Olhos Dourados disse...

Eu acho que todas as mulheres podem ser bonitas se cuidarem de si. por acaso tenho à volta de 60 cm de cintura e 90 de anca... Sou miúda de osso, mas tenho o peso normal. No entanto sou baixinha... Ainda bem que nunca quis ser modelo! hehehe

Anónimo disse...

Estou sem ideias, mas com vontade de atingir os objectivos estabelecidos.