28 de março de 2010

' And All That Jazz #23

2ª feira chamaram-me para fazer a tal reconstituição do assalto para o programa do Goucha. deixei o Daniel 2 horas à minha espera (mas avisei). ele veio cá a casa assinar o meu coração "Amor em Movimento". lanchámos, vimos um filme, fomos dar uma volta. estamos a construir uma amizade de valor :)

3ª feira foi dia de Baby Bu, que por um triz não tinha sido. não é que o puto me obriga a acordar às 7h, para ir ter com ele às 9h, que ele me ia buscar ao metro, e ele adormece?? bem, passei-me... pior que se "cortarem" ou ESQUECEREM-SE de mim, é fazerem-no sem avisarem nada, nem responderem as mensagens, nem atenderem as chamadas... resolvi dar o benefício da dúvida e esperar, por sorte tenho sempre um livro para ler nos tempos livres. 3 capítulos de um livro de José Saramago e 1 hora e meia depois, o menino resolve acordar. mesmo mesmo mesmo quando eu estava a pensar "quando acabar este capítulo vou embora" e só faltavam uns 3 minutos para acabar. se ele tivesse acordado 3 minutos mais tarde!! e eu não tinha voltado atrás... lol. eu não estava chateada, mas estava triste, bem triste. ele deixou-me fazer o que eu quisesse nesse dia (embora tivesse dito logo "esquece é mudarmos o nome da Bianca"), que ele não se importava, para se redimir. eu fi-lo fazer o almoço (do que eu me livrei, detesto cozinhar) e lavar a loiça (coisa que costumo fazer eu) e ainda fizemos um acordo que ele vai comentar os meus postings aqui no blog (ou pelo menos aqueles em que eu falo sobre ele) nos próximos 2 meses x) ah, e ainda me deu uma ideia: "se quiseres até subo aquelas escadas", e ele tem medo das alturas e as escadas eram daquelas que têm "buracos" nos degraus e dá para ver o que tá por baixo. ahah. ri-me tanto. adorei. queria que ele perdesse o medo, mas ele só conseguiu subir um lance de escadas, e demorámos 45 minutos. epa, eu desculpei-o e não queria fazer nada, porque quando o vi não consegui ficar chateada e, feita parva, sorri. sorri, como sorrio sempre que o vejo!!!! um sorriso de felicidade que eu não consigo controlar. estúpida! tinha na cabeça "agora quando ele chegar vou fazer um ar super ofendido" e... sorri! sorri e disse "Não tem piada nenhuma".  mas eu não queria mesmo fazê-lo fazer nada para se "redimir", só a parte do almoço e do lavar a loiça. ele é que deu a ideia do resto... para quem se ESQUECEU de mim, nada mau, ahah xD agora, nos próximos tempos, não me vou calar, sempre que discordarmos em relação a algo eu digo "olha o menino que se esqueceu de mim a querer pronunciar-se". ahah. só mesmo para chatear.

4ª feira fui conhecer a Jo, que tava difícil.. à noite, o Rui veio jantar a minha casa. em tempo de aulas viro meio anti-social, fico sem paciência para sair com pessoas, por isso nas férias "ponho tudo em dia". sou uma pessoa horrível, eu sei. fartam-se de dizer "nunca me dizes nada, nunca te lembras de mim", e é bem verdade. sou uma desnaturada.

5ª feira não tinha água em casa. por isso fui a casa da minha avó. com ela é como com todo o mundo: durante o tempo de aulas nunca tenho paciência para lá estar mt tempo. e, chamem-me interesseira, mas dessa vez quase que fui lá só para tomar banho. as minhas visitas resumem-se a 2 horas no máximo. nas férias passo lá dias inteiros só para ela não me ligar a chorar a dizer que não lhe ligo nenhuma. nesse dia foi assim. fiquei lá a dormir para ela ficar mais contente. e até pedi para ela me ensinar a fazer malha. acabei por ficar a noite quase toda a fazer uma coisa qualquer, que depois tive a ideia de coser para fazer uma fita para o cabelo. a minha avó ficou tão em êxtase (não tá nada habituada a que eu durma lá e mt menos que lhe peça para me ensinar a fazer crochet), que até começou a falar em enxovais e... meu deus.





6ª feira o Bruno veio para minha casa, para ficar no fim-de-semana. soube pela vida porque ele já não vinha cá a casa há MUITO (demasiado) tempo.

hoje, a minha mãe achou que era boa ideia juntar cá em casa um montão de amigos para festejar já termos a casa toda mobilada (que é o que eu também quero fazer, mas faço 2 em 1 quando fizer anos, uma festa cá em casa). estás a imaginar um monte de cotas BÊBADOS (sim, bêbados, que todo o álcool existente cá em casa - exceptuando a garrafa de Vodka minha e do Bruno, eheh - foram à vida das 16h às 23h). bem, enquanto se riam de coisas inofensivas ainda estava dentro do suportável (apesar de quase ficar surda com o nível de decibéis dos risos), quando começaram a falar em Pontos G e em "nem penses, tenho que ir dormir que amanhã vou trabalhar, não vou nada para tua casa!" é que tive de fugir =P



estou de férias e ainda tenho mais uma semaninha, esta já me soube tão bem. este fim-de-semana chegou cá a casa a única coisa que faltava para a minha casa estar composta (estivemos em obras): um sofá na sala. sofá na sala, tão confortável, com um plasma à frente. cheira-me que vou passar lá o resto das férias. é isso e a ler. para além de andar a reler os meus diários, que escrevi quando era mais miúda e que acho imensa piada "reler-me", estou viciadíssima no livro que estou a ler: "As Intermitências da Morte", José Saramago. adoro esse homem. god, como é possível alguém escrever TÃO BEM e ter ideias TÃO CERTAS.

Muaah @

6 comentários:

Olhos Dourados disse...

Vá que ele ficou com remorsos!

Inês disse...

Tens sorte com o namorado que tens! Faz tudo por ti :D

Beijinhos*

Botas disse...

Nunca tens fins de semana secantes, mas no domigo é que foi, os cotas e o vinho, e nós ali a morrer a rir.

<3

Alex Page disse...

Já te disse... quero coisas feitas por ti para eu usar :P "The All That Jazz Collection" by Claudjinha! Grande cena mesmo! :P
E sim... sofa + tv + Claudjinha + Alex + Sexo e a Cidade/Friends/etc. que tal?

Anónimo disse...

Aquele prmeiro paragrafo .. até corei =b


ps: agr ja me ta a doer a zona vertical lol

Anónimo disse...

cervical*