14 de março de 2010

' Brigada anti-namoradas-mimadas.


Detesto aquele tipo de namorada que se aproveita do namorado para ter coisas à borla. Desculpem-me se ofendo alguém, mas... se a carapuça serve!

Nunca fui assim. Ok, talvez me esticasse um bocadinho quando andava com o "Mr Big", ele trabalhava e não recebia nada mal, por isso de vez em quando lá o deixava pagar-me coisas, jantares, almoços, cinemas, etc. Mas nunca pedia nada, só aceitava se ele oferecesse (e nem aceitava de todas as vezes). Pedir coisas, só aos meus pais.

De resto, sempre detestei que me pagassem coisas e que me emprestassem dinheiro. Fico sempre com a sensação de dívida. E isto aplica-se a qualquer pessoa (raramente me ouvem a dizer "empresta-me ai 5 euros", ou, se tiver mesmo mesmo de pedir, no dia seguinte pago logo), mas sou mais rigorosa ainda nos namoros. Não deixo o Bruno pagar-me nada porque sei que ele recebe pouco como eu (dinheiro que a mãe vai dando). Presentes caros? Nunca. Já lhe disse que nem sou muito pessoa de dar presentes (acho fútil), mas se ele fizer mesmo questão, ao menos que me compre uma caixa de chocolates e não um telemóvel (ideias dele, porque o meu está colado com fita-cola xD). já tivemos "discussões" acerca disto, que ele quer pagar-me não-sei-o-quê e eu teimo sempre que não, por mais tentador que seja. às vezes sinto, inclusive, que não posso desabafar com o Bruno sobre questões monetárias. se eu digo "amanhã tenho de vir almoçar a casa porque não tenho dinheiro para almoçar lá", ou "este mês não vou à dança porque não tenho dinheiro", ele inventa logo coisas que me dá, e empresta, e paga... É QUE NÃO MESMO. não gosto de dever nada a ninguém, namorado não é pai que mima a filha, e faz-me impressão por exemplo, ter uma peça de roupa que foi o meu namorado que me comprou (e não simplesmente ofereceu para fazer uma surpresa que isso são casos diferentes - sim,oferecer presentes DE VEZ EM QUANDO até acho fofo, até eu faço se tenho mais dinheiro e por acaso numa loja vejo algo querido. mas são coisas diferentes,né? e, claro desde que não seja oferecer um presente forçado - futilidade ligada no máximo - só porque é Dia dos Namorados, ou porque fazem 3 meses de namoro -.-).

Enfim, sou completamente anti-namorada-mimada. Aquele tipo de namorada pseudo-golpe-do-baú, extremamente fútil e consumista, que se aproveita e que acha que lá porque é a menina da relação tem direito a que o namorado lhe pague tudo. OK, uma coisinha de vez em quando (tipo um cinema), ainda vá que não vá. Agora, presentes caros, o namorado a pagar TUDO sempre que vão sair? Alguns chamam-lhe cavalheirismo, mas eu acho que cavalheirismo é abrir a porta e dizer "as senhoras primeiro". ser o gajo a pagar tudo, é mimalhice. e olhem que isto vem de uma pessoa que é bastante consumista e vaidosa. quando tenho dinheiro, também gosto de ser fútil e ir para o shopping esbanjá-lo. mas é com dinheiro meu!

enfim, já tou como este gajo diz:



My friend's got a girlfriend
((((and)))) he hates that bitch
He tells me every day
He says "man I really gotta lose my chick
In the worst kind of way"

She sits on her ass
He works his hands to the bone
To give her money every payday
But she wants more dinero just to stay at home
Well my friend
You gotta say:

I won't pay, I won't pay ya, no way
now now Why don't you get a job
Say no way, say no way ya, no way
now now Why don't you get a job

I guess all his money, well it isn't enough
To keep her bill collectors at bay
I guess all his money, well it isn't enough
Cause that girl's got expensive taste

I won't pay, I won't pay ya, no way
now now Why don't you get a job
Say no way, say no way ya, no way
now now Why don't you get a job

Well I guess it ain't easy doing nothing at all oh yeah
But hey man free rides just don't come along
every day

Let me tell you about my other friend now

My friend's got a boyfriend ((((and)))) she hates that dick
She tells me every day
He wants more dinero just to stay at home
Well my friend
You gotta say:

I won't pay, I won't pay ya, no way
now now Why don't you get a job
Say no way, say no way ya, no way
now now Why don't you get a job
oh yeah
I won't give ya no money
I allways pay
now now Why don't you get a job
Say no way, say no way ya, no way
now now Why don't you get a
job!

e eu sou demasiado orgulhosa, no que toca ao dinheiro então... "negócios negócios, amizades e namoros à parte". por isso, nem gosto de misturar os dois.


Muaah @

13 comentários:

Anónimo disse...

Fixe. Finalmente uma música de jeito =)

andamos a evoluir =P

Violet disse...

ahah x) por acaso também não gosto que sejam os namorados a pagar SEMPRE, de vez em quando está bem. Mas por acaso ele diz-me: achas? comigo não pagas nada, eu não deixo. Mas de vez em quando adianto-me e pago e ele tem que ficar calado xD

Maria Nena Freitas disse...

pa... não gostas que te paguem as coisas mas andas sempre a pedir "favores"?!

Tens que equilibrar as coisas... que fzer do meu irmão um criado pobre não rende...

E ve lá se lhe tiras da cabeça a ideia de te pagar a gasolina qnd vieres ter com ele, pa ele poder, finalmente, ao fim de 3 anos, comprar uma playstation nova

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Vinha dizer "fossem todas como tu, o mundo seria melhor" mas morri de rir com o comment da Nena!

A Elite

Verinha disse...

Eu também não gostava nada que me andassem sempre a pagar cenas, sentia-me constrangida.

Ainda hoje quando vou comprar alguma coisa para mim e o B. também vai, costuma pagar com o cartão dele(a nossa conta é conjunta), porque é o que está mais à mão, depois ele começa a dizer-me na brincadeira que ele é que paga tudo, que assim não pode ser e tal, e os empregados da loja acreditam!! lol
Fico mesmo danada com ele!
Quem não perceba que ele está na brincadeira, fica a achar que eu sou uma ganda crava! Ainda por cima tenho ar de pita que ainda nem tem idade para trabalhar! lolol

' Claudjinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Menina disse...

Eu também não gosto nada disso..se não tenho dinheiro, não compro ;) A não ser que seja algo mesmo necessário naquele momento e que depois devolva..

beijo*

Olhos Dourados disse...

Então somos duas. Eu também não deixo o meu gajo pagar-me as coisas.

continuando assim... disse...

MAIS LOGO, um novo capítulo da história de Alice.
lá no,
... continuando assim...


Aceito , e agradeço as vossas sugestões ... talvez a letra esteja pequena... talvez o blogue possa estar confuso.... talvez ... e talvez :)
talvez nem gostem da história...


Enfim...qualquer coisa, digam.
até logo

obrigada por seguirem
Bj
teresa

Alex Page disse...

Pois é, pois é. como é que é meu amor? Nós temos a Maria ela faz tudo o que nós queremos XP

Abandalhando isto tudo disse...

ganda peta que aqui vai...
um certo dialogo que eu ja ouvi varias vezes :
Ele: Entao vamos almoçar?
Ela: Sim! Pagas-me o almoço?? ( ou Pagas-me um hamburguer no mac?? )

outro :
Ele: Vamos ao cinema este fds??
Ela: Pagas?? ( ou entao: só se pagares!! )

...

Só tretas !!

LOOOOL

' Claudjinha disse...

"abandalhando isto tudo"... bem... aparte de nunca na vida termos combinado nenhum cinema, eu dizia aquilo pq tu nunca aceitavas um "não, não tenho dinheiro". era pa ver se desistias da ideia. mas enfim. talvez ja me tenhas pago algo,sim. queres que te pague de volta?!

ajoanita disse...

Concordo contigo, mas há que admitir que de vez em quando sabe bem ser ele a pagar as nossas coisas :) assim como receber prendinhas!