12 de março de 2010


O Bruno é tão querido para mim. faz tudo o que eu peço ("baby, calça-me!" (*), "dá-me ai a mala s.f.f.", "vai fazendo o almoço enquanto eu não chego", "dá-me o comando da televisão", "põe o som mais baixo", etc etc etc...), prepara-me surpresas (um dia cheguei a casa dele e tinha almoço feito e loiça lavada - normalmente eu ajudo-o a fazer o almoço e dps lavo a loiça, pra dividirmos as coisas, mas nesse dia não tive de fazer nada), é sempre, sempre, sempre querido e amoroso nas mensagens e nunca adormece a escrever uma mensagem ou a meio de uma conversa, nunca me recusa sexo e vai-me sempre buscar ao metro para eu não ir sozinha para casa dele, e levar-me sempre também na volta, faz desenhos de mim (copia das fotos), e faz desenhos para mim. Nunca está mal-disposto, nunca descarrega frustrações e preocupações em mim e apoia-me de tal forma que sei que posso contar com ele para qualquer coisa. ele é o namorado que, até hoje, me tratou melhor!

Já eu, sou péssima namorada. Não faço tudo o que ele quer (se ele me pedir pra eu ir buscar qualquer coisa e eu estiver no sofá, digo que estou com preguiça), acho que nunca lhe preparei uma surpresa, quando estou mole ou com preguiça para escrever mensagens sou "fria", muitas vezes (muitas mesmo) adormeço a escrever-lhe uma mensagem, deixo-o pendurado a meio de uma conversa, recuso sexo mais do que seria desejável, ainda nem um poema fiz pra ele (sim, que o meu jeito para desenhar é nulo, para as palavras sempre tenho algum jeitinho) e às vezes entro, como ele diz, em "modo Cláudia" - quando estou mal-disposta fico refilona com tudo e descarrego nele. a avó dele morreu há pouco tempo e eu nem soube o que dizer, só me saiu um "tás bem" estúpido, porque nunca sei o que dizer nessas alturas, porque tenho medo da morte (dos outros, não da minha). epa, acho que a coisa mais "querida" que eu já fiz foi dar-lhe um presente porque encontrei e achei engraçado. de resto...

ÀS VEZES TENHO A SENSAÇÃO QUE SOU PÉSSIMA NAMORADA! ele diz que não, eu peço desculpa e ele diz que não faz mal linda, mas eu acho que sim, e em certos aspectos sou muito crítica comigo mesma. às vezes implico com coisinhas tão pequenas, coisinhas em que ele seria mais tolerante. sim, nas coisas "principais", eu sou a mais tolerante da relação (coisas como traição e isso), mas fico magoadinha se ele não sabe que eu faço anos a dia 24 e não a 26. não fico chateada, mas fico coiso. sinto que sou mandona, mais do que quero e gosto de ser (apesar de não ser controladora). não costumo ser mandona com ninguém! NÃO QUERO SER ASSIM!

mas o pior, o pior, o PIORZINHO que eu fiz mesmo foi.... dizer-lhe isto: "eu sei que cai mal eu dizer isto agora. mas as pessoas têm de morrer algum dia. nascemos e morremos, nao ha nada a fazer, é o ciclo natural da vida. um dia eu tb vou morrer e nao quero que os meus netos fiquem a pensar q eu nao merecia morrer. porque morrer nao se merece nem deixa de se merecer. é uma coisa natural que faz parte da vida."... isto não se diz a uma pessoa que acabou de perder a avó, e eu fui tão má e tão fria e tão insensível. às vezes sou tão ESTÚPIDA. eu pra falar de morte ou de apoiar alguém que acabou de perder alguém querido... é pra esquecer. quanto mais tento ser compreensiva e apoiar, mais me enterro.

Muaah @

(*) não gosto de me calçar...não sei porquê, lol.

12 comentários:

ADEK disse...

Estás bem a tempo de o compensar:P

Anónimo disse...

Bem, ou és mesmo muito modesta e tas a exagerar, ou então não e nesse caso já é bem teres consciência disso =)

como o comentário anterior refere, ainda vais a tempo de recompensar.

'Nunca ninguém e perfeito'

ajoanita disse...

Não foste assim tão insensível, podia ser pior! Eu sinto que nas minhas relações sou mais ao contrário.. Eu é que me preocupo demasiado e isso acaba por piorar as coisas... Enfim!

Shakti disse...

É bom ver que estás bem e apaixonada !

bj

Dharma disse...

A maravilha do Amor é haver compensações. A união de personalidades diferentes é muito bom, principalmente se se toleram.
Muita sorte para voces e sejam feliz!
Beijinhos

Carlos disse...

Se fosse eu no lugar dele exijia umas férias ahahahahahahahahahah =D
**

Ni disse...

Os Brunos são uns amores! Se bem que o meu não me faz as vontades :P

Beijinho e Bom Fim de Semana*

Maria disse...

Olha que reconhecermos os nossos "defeitos" e meio caminho andado para tudo ;)
Beijinho.

Maria Nena Freitas disse...

eu acho (ou tenho a certeza) que o emu mano fica mais chateado em não vires cá passar os fds pra passares com os teus amigos do que disseres essas cenas...

quanto ao velóio foi... divertido. falamos das coisas que nos lembravamos, das coisas engraçadas e dos sustos que as pessoas apanhavam por o meu irmão ser cara chapada do meu falecido pai e a mminha prima cara chapada da minha falecida tia. só depois no funeral e no enterro é que foi pior, porque tava a aldeia toda a chorar e a controlar a familia e os netos levaram o caixão e uma das pegas do caixão partiu-se no cemiterio e um homem pos.se la a disparatar...

mas depois acabou.se... e ela ja estava tao mal, desde agosto qu entrava e saia do hospital...

Botas disse...

=')

Ès a melhor namorada e pessoa que pode haver, das me tudo o que quero e ainda mais e apoias me em tudo. Sinto me bem, ao teu lado

Perfeita para mim

Adoro te meu anjo

' Claudjinha disse...

Excelentissima Senhora Maria Nena Freitas:

eu não não passo ai os f.d.s. para tar c os meus amigos. ainda o f.d.s. passado tive os 2 dias em casa sem fazer nada. eu não passo ai os f.d.s.'s pq tu fazes altos escândalos por eu ir pra tua cama as 4h da manhã. lol.

Verinha disse...

Há certos post's teus que quando os leios quase que tenho a sensação que me leio a mim lol
Tenho alturas que também acho que sou "mandona" e a preguiça também se apodera mim milhentas vezes. E também gosto que me façam as vontadinhas todas, enquanto eu também tenho preguiça de fazer as vontades aos outros.

Mas tenho lutado contra isso e tenho conseguido progressos, vais ver que com os anos vais lá :) lolol