7 de julho de 2010

' If it is in the fridge and it has no lable in it, be my guest to taste it.

Sempre que vou ao frigorífico de casa de uma certa e determinada pessoa, tenho de perguntar o que posso tirar para comer ou beber. porque em casa dessa pessoa há coisas "separadas", de cada pessoa. um dia comi um iogurte que era da irmã dessa certa e determinada pessoa, e foi um "escândalo". porquê? quando alguém vem a minha casa pode ir ao meu frigorífico sem perguntar o que pode comer. pode comer à vontade o que quiser.

nunca entendi essa coisa de dividir comida. a partir do momento em que compro algo e ponho no frigorífico de casa, passa a ser de todos. dividir a comida é o mesmo que dividir as almofadas do sofá da sala. não faz sentido. a sala é um espaço comum. e os espaços comuns são para ser divididos. respeitados, sim, mas divididos. se eu comprar uma caixa de cereais que não quero que ninguém coma, coloco-a no meu quarto. se eu comprar uma caixa de cereais e a puser na prateleira habitual da cozinha, habilito-me a que o namorado da minha mãe, que de vez em quando vem cá passar uns dias a casa, açambarque o pacote inteiro. mas não me queixo. não me posso queixar. não é legítimo. se eu coloquei num espaço comum, é para ser partilhado. se a minha mãe compra comida para mim, que moral tenho eu para dizer "olha, não comas este iogurte que fui eu que comprei". e mesmo quando compro eu comida cá para casa, daquela que a minha mãe não compra (tipo snacks, bolachinhas, petiscos), e se vem alguém cá a casa, pode comer à vontade. não vou dizer "olha, não comas essas bolachas porque fui eu que comprei".

acho isso muito "xunga". uma coisa é guardar as coisas no quarto - que é um espaço pessoal onde temos o legítimo direito para dizer "Não mexas no que lá está". outra coisa é querer dividir coisas nos espaços comuns. se são coisas e espaços comuns, não são para ser divididos. senão perde o sentido de comum. já quando vivi um ano em casa da minha avó com a minha prima, era a mesma coisa. a menina comprava comida e... metia etiquetas. ai de quem tocasse naquele iogurte ou naquele pacote de bolachas. se a minha avó comesse um iogurte dela, era o ver se te vias. no entanto era a minha avó que lhe pagava as coisinhas todas. ela estava lá de borla, com absolutamente tudo à borla, e ainda tinha aquela atitudezinha arrogante de colocar etiquetas na comida e fazer um escândalo se a minha avó comia um iogurte dela? por isso é que eu a detesto, ainda hoje. era insuportável viver com ela. não só por essas, mas por outras, claro. mas estão a ver a peça?!

não acho bem. se eu alguma vez vier a partilhar uma casa com alguém, sou muito mais a favor do "fundo" (por exemplo, todos dão 20 euros por semana para comprar comida para casa, mas todos comem o que querem do frigorífico), do que aquela conversa do "ai, eu comi uma tigela de arroz e tu comeste duas, por isso eu só pago metade do pacote de arroz", ou "eu como sempre 1 bife ao jantar, mas tu comes 2, por isso tu tens de pagar mais". para quê ir a esse extremo? se fazes assim tanta questão de ter aquele pacote de batatas fritas só para ti, guarda-as no quarto, onde aí sim, ninguém tem o direito de ir vasculhar. agora, dividir as coisas a esse ponto? colocar etiquetas nas maçãs que se comprou? ou "olha, estás na minha almofada do sofá".

por favor. por favor. por favor.

se eu algum dia vier a dividir apartamento com alguém, não vou ser dessas frescuras e maniazinhas. se eu compro e coloco no frigorífico, be my guest to taste it. mas pronto, é só uma opinião.

Muaah @


hoje tive o melhor dia de praia deste ano... fora o facto de eu e Vera termo-nos lembrado de comprar tudo em termos de comida (como boas portuguesas, fazer picnics na praia), menos água para beber. claro que, como pessoas com sentido de humor, rimo-nos de nós mesmas e da nossa idiotice. a água do mar estava tão boa, tão boa. finalmente começo a ficar com marcas do bikini. TÃO BOM!

10 comentários:

Botas disse...

Se um dia viver mos juntos vou dividir o frigorífico ao meio.xD

<3

Jo disse...

aiii como é q eu nunca me lembrei disso antes! é quando quiseres :) e podes levar a tua amiga tambem, q eu falo c toda a gente! eheh vamos combinar isso

ah, e desde pequena que fui habituada com a frase: o que está cá em casa, é de todos. apesar de só ter de o dividir com a mae :P

S* disse...

Em casa, casa? Isso é ridículo. Na casa que partilho com estudantes divide-se porque elas assim o quiseram. Agora na MINHA casa é tudo de todos.

marie disse...

Etiquetas?? Baahhh!!! Gente egoista!

Eu se me apanho na praia a sério até penso que é mentira! :p

Bjito

Dora disse...

Se for uma casa partilhada com estudantes que não se conhece, tem lógica. Com familiares ou AMIGOS, não.

Menina disse...

Eu também acho que isso de dividir tudo é estúpido lol
Mas confesso que fico um bocado irritada quando, por exemplo, a minha mãe, ou mesmo eu, compro um chocolate e no próprio dia, antes de eu sequer o provar, ele já acabou. Acho que uma coisa é não dividir demais, mas também há que pensar um bocadinho que não somos os únicos da casa lol

beijoca*

Olhos Dourados disse...

Lá em casa o que está na cozinha é de todos! Não há cá disso!

Ricardo disse...

LOL adoro isso.
O meu pai tem dessas pancadas (uma de muitas), de comprar coisas e não deixar tocar xD. adoro completamente.
Tambem quero bronze ;-; nunca fico com bronze.

Marta Inês disse...

Aqui em casa também é assim. Cada um come o que quer, mas inconscientemente cada um tem a sua comida. Os iogurtes x são para a minha irmã, os iogurtes y são para a minha mãe. Mas se por alguma razão me apetecer comer iogurtes x posso comer à vontade porque ninguém morre por causa disso.
Mas eu já sou um pouco 'comichona' em relação ás minhas coisas!

beijinhos*

Lane Ferreira disse...

Etiquetas é que axo o cúmulo!!
MAs qdo vc mora com pessoas que nao tem confiança é normal que não goste que te façam isso tipo todos os dias.. imagina que vc compra sempre o iorgute X caro! e todos os dias um fulano que nao tens confiança, come um!!??? é bem complicado!! há que ver em quais situações acontece, mas em casa não me preocupo muito com isso, com as pessoas que eu convido a estar em minha casa!!