20 de julho de 2010

' Juraaaa, que não vais ter uma aventuraaaaa....

é a música que anda na minha cabeça nos últimos tempos.

chegou ao fim. infelizmente. já a semana passada. [a Sic Mulher perdeu tanta qualidade por isso].

apesar de eu não gostar de novelas portuguesas, penso que esta foi diferente. para começar, não é da TVI,o que é um grande ponto a favor (rsrsrs). embora as novelas da SIC não sejam brilhantes, sempre são melhorzinhas do que as da TVI. em segundo, porque o Jura foi uma novela/série diferente das outras portuguesas.

porque, normalmente, nas novelas portuguesas, nós temos de tudo o que há de fantasioso, menos realidade. temos vampiros, temos floribellas, temos mulheres ricas (sempre interpretadas pela Alexandra Lencastre, SEMPRE) que dão o golpe do baú num velhote qualquer, mas que ele consegue sobreviver à tentativa de homicídio por envenenamento e depois a história desenvolve-se tudo à volta daquilo, ou temos uma rapariga selvagem, que foi criada no mato, e que está a nadar nua num riacho, até que um gajo de olhos verdes que, por acaso, só mesmo assim por acaso, estava a passear por aqueles lados, a encontra, e pergunta quem ela é, mas ela não sabe falar, e foge, e torna-se violenta... entretanto tem uma irmã civilizada, da qual foi separada à nascença, que vive num palacete (que parece que as gravações foram feitas no Palácio de Belém or so)... e que trata a mãe por "você" (infelizmente, isso existe na realidade, mas isso já são conversas para outra altura)... ou então, melhor! uma mulher que foi atacada por um leão numa savana, porque o marido a deixou à mercê disso, para se livrar dela, mas sobrevive, e faz umas quantas plásticas, fica como nova, toda a gente pensa que é mesmo ela que está a fingir,  e depois afinal não era, era a mulher original que tinha sobrevivido mas tinha contratado outra mulher para fazer a folha ao marido... mas o melhor de tudo mesmo é que até ao fim da novela toda eles continuam a tratar-se uns aos outros por "você", mesmo que já tenham ido para a cama....enfim, das poucas cenas de novelas portuguesas que já vi, sobretudo da TVI, meu deus do céu... nem tenho palavras para descrever. horrível. H-O-R-R-I-V-E-L.

mas o Jura não tem (tinha) nada disso. o Jura tem histórias reais. claro que tem um pouco de  fantasia e humor, por exemplo aquela personagem, o André, duvido que exista alguém como ele na realidade, é meio pateta mesmo... mas fora isso, penso que são pessoas reais, que representam o mundo real, e retratam situações reais. até eu mesma, me revi numa situação em particular, que foi aquela do Francisco, um puto cujos pais (Simone e Paulo) se estavam a divorciar e ele sofria muito com as discussões deles. não havia ninguém selvagem a nadar num riacho e ninguém tinha sido comido por um leão. os pais, filhos, amigos, casais, netos e avós tratavam-se por "tu", como deve ser, não havia cá falsos elitismos, e as casas não eram palácios, eram casas normais. enfim, para resumir: era uma série do mundo real e não da cinderela-versão-tvi. o melhor é que toda a história se desenvolvia num clima de sensualidade inerente. não era preciso ninguém estar a fazer sexo para se perceber o clima e a conotação não sexual, mas sensual, da coisa.

gostei. muito. ao início só via porque sim, porque a hora que dava era sempre a hora que eu me ia deitar e a tv estava sempre na sic mulher e eu não tenho comando da minha tv do quarto (e sou demasiado preguiçosa para ir mudar de canal, lol), mas aos poucos e poucos fui ficando mais presa, aos poucos e poucos comecei a querer saber, ao fim de cada episódio, mais e mais, e esperava sempre pelo dia seguinte... ahh tantos dias obriguei-me eu a ficar acordada, cheia de sono (naqueles tempos em que eu adormecia a horas decentes), à espera que desse o jura, que começa sempre à 1h, e como eu ficava triste, quando acabava o episódio no momento mais emocionante, naquele em que os dentes batem nos dentes e uma pessoa fica a olhar para o ecrã com o coração a bater forte,o que será que vai acontecer a seguir, e depois, pimba, genérico, como quem diz "toma toma toma, apanhamos-te bem, agora tens de esperar por 2ª feira à noite para saberes o que vai acontecer" (porque só dava de 2ª a 5ª).

correndo o risco de parecer muito lamechas - e verdade seja dita, sou - apeteceu-me imenso chorar no último episódio. APETECEU-ME TANTO CHORAR! não sei se pelo facto da história ter sido tão boaaa, ou pelo facto de agora não ter nada de interessante que ver todas as noites. o Bruno estava ao meu lado e sabe como fiquei emocionada e vibrei e fiquei tão triste quando apareceu o "FIM" xD

no geral, acho que foi uma série muito bem conseguida. de qualidade superior à média da qualidade geral da ficção nacional. (também não é muito difícil).

e, para finalizar.... para acabar em grande... a música! e a música?! a música MATA-ME.


e, com isto, calo-me, porque sempre achei que uma música valia mais do que mil palavras... :')


Muaah @ 

e a actriz que fazia de Bárbara, Ana Brito e Cunha... gostava tanto dela, da personagem que ela encarnava... lembro-me de a ver no "jardim da Celeste" quando era pequena, adorava aquilo..eheh.. acho que ela ficou mesmo mal depois de ter emagrecido TANTO. ela era lindona do jeito que era mesmo.

10 comentários:

Sandro Canossa disse...

A tua música favorita, ou uma das, era a The Swang Song :P

Jo disse...

nao gosto desta musica, mas a novela.. ai que novela! adoro adoro de paixao, e era bom que houvessem mais assim. concordo com tudo o q disseste, so nao gosto da ana brito e cunha :P e acho q o ricardo pereira representava mal como o caraças. De resto, adoro tudo, adoro a simone, e adoro a outra (a que na realidade se chama alda) e adoro o generico, adoro tudo :D

Alex Page disse...

hmm... não vejo novelas. por acaso não ligo mesmo... mas AMO essa música. É linda!

Dora disse...

Há 1 mês e tal que deixei de ver o Jura. Resultado: Tenho lá os episódios todos gravados no Meo. Tenho de ganhar coragem para ver aquilo tudo.

Mi disse...

A música é perfeita :) E eu também adorava essa série, que já deu há uns bons anos na Sic generalista. Mas, mesmo já tendo visto antes, não resisti a assistir a alguns episódios agora na Sic Mulher. Foi uma pena ter tido tão poucos episódios! E eu gostava mesmo por isso que referiste, é uma série que tem muito de real, ao contrário de grande parte das novelas.
kiss

OMOPrjct disse...

Ola!
Eu vi o Jura da primeira vez que passou na TV, dava todos os dias na SIC. Não perdi um episódio. O que mais recordo é o facto de a história do Ricardo Pereira ter acabado bem... A Simone lá voltou e tentaram mais uma vez...

De resto achei as personagens muito bem conseguidas, e o enredo cativante. O PêPê Rapazote era a total comédia lol Gostei muito, tal como tu. Venha mais produção nacional de qualidade!!

Beijokas ;)
Vasco

Cris disse...

Novelas não são mesmo o meu forte. :S
Sei qual era essa, mas nunca vi.

Ah! E eu acho que vai ser mesmo o Marco a ganhar. :D
Mas se for a Mariana também não fico triste!
E tu? Quem achas que vai ser o vencedor?

Petra disse...

Adorei essa novela! Não fazia ideia de que estava a passar na SIC Mulher :|

Peço desculpa a invasão, adorei o espaço :)

Anónimo disse...

A única novela que vi de uma ponta à outra foi a "vingança" na SIC. Adorei não só porque gosto imenso do Diogo Morgado e da Lúcia Moniz mas também pela história. No fim fiquei como tu triste.
As vezes vou espreitar as novelas da TVI e dão-me vontade de rir, como é possível aguentar aquelas histórias da treta (sempre as mesmas por sinal). Além da Alexandra Lencastre temos de suportar a sonsa da Rita Pereira (pelo menos a Alexandra é boa actriz, a Rita é de fugir!)

Beijinhos,
Rafa

Botas disse...

Agora ja tens outro vicio na sic mulher.=P

<3