8 de abril de 2008

- Não percebo...

... as pessoas que tratam os pais por você. Pior, as crianças que tratam os pais por você. Pior ! Os pais que tratam os filhos por você. Pior ainda ! Marido e Mulher que se tratam por você entre eles !

Ando numa escola em que isso é tão normal, tão normal, que me sinto preveligiada por não ser rica, betinha, nem tratar os meus pais por você. Sinto que tenho confiança com os meus pais suficiente para isso, sinto-me mais próxima deles. É que fogo.. são pais e filhos. Não são propriamente Professora e Aluno. São PAIS e FILHOS. Não é suposto haver uma certa confiança, pessoalidade ? Como é que eu posso tratar os meus pais, pessoas que amo mais que tudo, e que conheço desde sempre, que me viram crescer e fazer os maiores disparates, como trato a minha vizinha de baixo que só me cruzo com ela uma vez por semana nas escadas e nem o nome dela sei ?

Respeito ? Não concordo. Eu respeito os meus pais, e trato-os por tu.

Mas tudo bem. Até consigo mais ou menos perceber quando os filhos tratam assim os pais. Mas o que não me entra mesmo é quando os pais tratam assim os filhos. No outro dia, estava na biblioteca e uma miudinha de 6 anos (por acaso muito querida) foi sentar-se na mesma mesa que eu, a fazer os trabalhos de casa. Até que a mãe dela chegou e eu fiquei parva. De uma arrogância extrema. Como é que uma mãe pode tratar uma criança de 6 anos por você, chegar lá e nem um beijinho, nem um olá, nada, toda com o nariz empinado a dizer 'despache-se, sim?', género 'tenho mais que fazer do que aturar pirralhas como você e só a venho buscar porque fica bem e porque você é uma menina-de-bem.' . como é que é possível ? fiquei parva mesmo.

mas pior foi quando uma vez fui a casa de uma 'amiga' minha (colega), para fazer um trabalho. almocei lá (estava a morrer de medo d fazer algum disparate, porque não sou nada finesse e ali até guardanapinho de pano se metia no colo..lol. bem pra falar a verdade bom bom é mesmo levar o tabuleiro po sofá, agora estar ali cheia de cerimónias..baah), e reparei que os pais dela se tratavam, entre eles, por você. fiquei parva. são casados, têm uma filha, uma casa linda, até parecem ser felizes, e tratam-se como se tratam duas pessoas que mal se vêem, mal se conhecem.

Respeito? Eu chamo-lhe Mania. E não percebo. Mas pronto, tenho de respeitar...


мєηιηα νσgυє @

9 comentários:

imnotinsane disse...

Concordo plenamente contigo!
A primeira vez que ouvi uma mae a tratar os filhos (praí com uns 6, 7 anos)foi em pleno McDonalds em Cascais!!!
Tavam na esplanada e eu ía a passar quando a mae vira.se pra um dos filhos: " nao acredito que se esqeceu do seu hamburguer..." olhei pra trás e pesnei WTF?!?!?!
Manias mesmo...
Tenho qe aturar uma familia assim na clinica onde trabalho!
Sao de Sintra e o puto tem 4 anos e tratam o miudo por voce e ao tlm " adeus tiáá beijinhos pra si" e cenas assim!!!
Ai como eu detesto...!!!

Andreia do Flautim disse...

Eu acho que isso tem a ver com o tipo de educação a que as pessoas foram sujeitas. Eu também trato os meus pais por TU, lá em casa toda a gente se trata por TU!

B! disse...

Manias... enfim...

xanata disse...

olha conheco uma rapariga que trata em casa dela, pais e irmao por voce e eles tratam-na todos por tu, o ridiculo é que o irmao e mais novo xD
entao imagina tratar um pirralho por vc.. xD

tb nunca comprendi é essa e dos tios, soa tao mal, so me apetece perguntar se as pessoas nao tem nome?!

Tiago disse...

Olá!

É realmente uma estupidez... HAJA ALGUÉM QUE APRESENTE O FILHO À MÃE! Ou o marido à mulher... enfim... Acho essas cenas completamente dispensáveis e reprovantes... Tem que haver proximidade, cumplicidade e afecto, e isso fica tudo mais fácil se usarmos a segunda pessoa do singular...


lol lol

Tu respeita, porque tu és melhor que os voceses...

MLeonor disse...

Hmmmmm, seriam brasileiros?*

caditonuno disse...

(fazer sotaque de queque ao ler)

olhe, querida, a menina nao está a ver? tratar os pais, os tios, os avós, os netos, os primos, os caes da vizinha, o senhor do café, o mordomo e a empregada por VOCÊÊÊÊ é chi qué rrrrrri mo!!!

Angel disse...

Ora aí está uma coisa que eu própria também não consigo perceber!É que nunca me passaria pela cabeça tratar os meus pais por "você"!
É triste e soa a falso, é frio sem sentimento, não gosto mm nada!
Quanto às outras situações (de pais para filhos e marido para mulher) nunca me cruzei com ninguém que se tratasse por você...Felizmente, senão de certeza que me ia dar uma coisinha e começar a disparar!:p
mt bom post!concordo ctg a cem por cento!:) kiss**

Little penguin disse...

Sou exactamente da mesma opinião que tu! Não percebo mesmo... a relação pais-filhos não é suposto ser uma relação assim... 'íntima'? Mete-me confusão mesmo!

Nunca mais me esqueço de uma vez, no 5º ou 6º ano, uma amiga minha estava ao telemóvel com a mãe e tratá-la por tu. Acabou o telefonema e veio logo uma daquelas pitinhas, que existem sempre, toda escandalizada por ela tratar a mãe por tu!
Tipo.. hello? Alguém salve estas alminhas?! =P

Bjoo*