18 de maio de 2008

- Eléctricos.


Eu adoro andar de eléctrico. Não abana como os autocarros (dá pra ler, dormir, etc), é giro, pode-se abrir as janelas, enfim. Mas andar de eléctrico em Lisboa, especialmente na zona de Campo de Ourique/Estrela/Lapa, é impossível. Quando uma pessoa mais depressa quer chegar onde quer que seja, é quando acontece de tudo: ou houve um acidente e a linha está interrompida, ou um descarrilou, ou uma carrinha de descargas está parada a pôr latas de Sumol dentro de uma pastelaria. Não há paciência. No outro dia estava cheia de dores de cabeça e sono e cansada, e quando saí das aulas meti-me logo no eléctrico a caminho do Cais Sodré. Só queria vir pra casa dormir. Claro que tinha de acontecer alguma coisa. Não percebi bem o que era, mas quando chegámos a Santos, estavam, na boa, uns 5 ou 6 eléctricos parados. Ficámos ali meia-hora, umas pessoas saíram, eu até cheguei a passar-me pelas brasas, mas depois acordei e resolvi ir a pé, também não faltava muito. Mal saí, os eléctricos começaram a andar -.-' mas isto é normal ??! quando cheguei à próxima paragem, consegui apanhar o último eléctrico, que claro, ía vazio porque tinham passadi 5 à frente LOL.


essa parte já foi mais gira. há males que vêem por bem ! sozinha, eléctrico todo pra mim, até me sentei naqueles bancos pa duas pessoas e estiquei as pernas, fui a apanhar ventinho, foi sempre a andar, não parámos em nenhuma paragem porque não havia ninguém pra sair nem entrar, não havia velhinhas nem crianças nem grávidas a quem dar o lugar, nem pessoas super mal-educadas que nem um Obrigada são capazes de dizer quando eu o faço. foi óptimo ! cheguei ao destino em 2 minutos, no máximo, quando normalmente faria o caminho em 10.


Cool :) era bom se fosse assim todos os dias.

6 comentários:

imnotinsane disse...

Há mesmo males que vêm por bem!!!
Tiveste cá uma sorte :P
Há anos que nao ando de electrico, que saudades!!! ***

B! disse...

Também gosto muito de andar de eléctrico! Aliás, é capaz de ser o meu transporte público preferido mas apenas quando vai vazio xD

A propósito do comentário no meu blog, quem me dá aulas de filosofia é o prof. andré leonor

Abrigada Aqui disse...

Txiii normalmente eu apanho o metro á saida da escola, quando é tarde :O aquilo parece nem sei o quê. já fujo para as ultimas carruagens, e quando ele vai vazio nem apetece sair na estação a seguir... Sabe sempre bem andar de transportes públicos, vazios claro xD... Mas só este ano começei nesta rotina, pq nem sequer conheço bem esta lisboa xD

Andreia do Flautim disse...

Então tiveste sorte! ;)

p.s. quanto à tua pergunta no meu blog, sim morreu alguém, a minha avó...

Ladybug disse...

Tiveste mesmo sorte! Depois da tempestade vem sempre a bonança! eheh

beijinhos*

Anónimo disse...

:(

dasss