20 de maio de 2008

- Prisão.


Ontem fui a uma prisão, no âmbito do nosso projecto da Área de Projecto. Foi uma óptima forma de começar o dia ! : tempo horroroso, daquele que nos mete mesmo tristes, a ouvir uma música, na carrinha, mesmo deprimente (devia estar na Romântica FM), e a pensar 'vou a uma prisão ver pessoas encurraladas' ! que angustiante, não? LOL bem, mas pra falar a verdade, tive uma surpresa bem grande. aquilo mais parecia uma creche, não uma prisão. É que fomos ao E.P. de Tires, que é destinado só a mulheres, e como algumas (muitas) delas têem filhos, os filhos delas também estão lá, especialmente os bebés; resultado, toda a construção e decoração daquilo foi feito a pensar que crianças vão crescer ali para estarem perto das mães, e só o facto de haver lá crianças (mesmo fofys ! só assim por sinal ficámos todas derretidas com uma bebé que estava lá, de 10 meses, a gatinhar numa sala de brinquedos :D ), dava um ar muito mais leve à coisa !! claro que havia a parte má. as celas, as guardas sempre atrás delas, etc. Massss... devo dizer que a minha ideia de prisão era BEM PIOR, muito pior mesmo. Além disso achava que íamos falar com umas revoltadas (viver ali deve ser revoltante), que tínhamos de ter muito cuidado e não sei quê, mas não, quando fomos falar com elas era tudo na boa, elas eram mesmo muito simpáticas (apesar de serem um bocado mitras) e falavam connosco assim como se fôssemos 'amigas'.. e sorriam sempre e diziam sempre 'bom dia' quando passávamos por elas ou quando estávamos a visitar as instalações. eram muito receptivas, e eu esperava essa atitude de toda a gente menos delas.



Ontem percebi que há pessoas que não fazem as coisas por mal, e que TODOS estamos sujeitos a isso, e não devemos julgar ninguém. Percebi, ainda mais, que se há mais corrupção no mundo, metade é porque quando as pessoas saem de lá 'de dentro', em vez de serem aceites e ajudadas a reinserirem-se, são descriminadas e postas de lado. A sociedade não somos só nós, a sociedade é também o que está ali dentro, e em vez de nos fecharmos nas nossas vidinhas e pensarmos 'bem, elas/es fizeram a asneira, agora pagam por isso, eu cá continuo na minha vidinha', devíamos pensar que para nosso próprio interesse era bom que não continuássemos a rejeitar pessoas que um dia erraram, pessoas como nós, que tantas vezes erraremos. Porque o progresso não é inventarem telemóveis topos de gama; progresso é tornar a Humanidade cada vez mais Humana.




(eu sei, 'vê-se logo que és de Humanidades', toda a gente me diz isto quando eu começo com estes moralismos ! LOOL)

8 comentários:

B! disse...

deve ter sido uma experiência interessante :)

Andreia do Flautim disse...

E dizes tu muito bem!
Ainda bem que é possível as mães estarem com os seus filhos!

P.S. Obrigada pela tua mensagem, não precisas de pedir desculpa! ;)

Elle disse...

Hello
eu sei q não tenho passado por cá mas se tens ido ao meu blog sabes pq.
POis, eu tbm não tenho uma ideia mto colorida da prisão,mas concordomcom algumas coisas q dizes, apesar de... lol
Beijos e bom feriado;)
elle

Elle disse...

Hello
eu sei q não tenho passado por cá mas se tens ido ao meu blog sabes pq.
POis, eu tbm não tenho uma ideia mto colorida da prisão,mas concordomcom algumas coisas q dizes, apesar de... lol
Beijos e bom feriado;)
elle

Elle disse...

Hello
eu sei q não tenho passado por cá mas se tens ido ao meu blog sabes pq.
POis, eu tbm não tenho uma ideia mto colorida da prisão,mas concordomcom algumas coisas q dizes, apesar de... lol
Beijos e bom feriado;)
elle

"Sofi@" disse...

Obrigado pela visita, pelo comentário e principalmente por "confiares em mim" lol...
Gostei mt deste teu post...
Tens toda a razao n devemos dscriminar as pessoas nem aceitalas pelo seu aspecto...
É errado...
Gosto muito da tua maneira de escrever...
BjZzzz

Vida de Praia disse...

Obrigada pela visita à minha sacola.
Fiquei muito sensibilizada por este post. E concordo contigo; todos erramos - mas temos a sorte dos nossos erros não serem tosos puníveis por lei...
Ah, e ser-se de Humanidades é muita bom! ;-)

Ladybug disse...

Mas muito bem dito :D

Beijos*