4 de dezembro de 2008

' Moving #4.

Tenho saudades tuas - um tu que infelizmente está a desaparecer aos poucos. Tenho saudades de todas as noites irmos dar as nossas voltinhas a passear o meu cão, apanhar o ar fresquinho da noite ou aquela brisa quente do Verão, e perdermos o cão porque perdemos a noção das horas na conversa. Tenho saudades de estares aqui comigo, ou eu em tua casa, deitados a brincar na cama, ou enroscados a namorar, a 'dar miminhos', ou simplesmente a conversar, a partilhar as alegrias e tristezas um com o outro. Tenho saudades de tu refilares comigo porque eu 'estou agarrada ao computador' em vez de te dar atenção, e eu de refilar contigo porque tu estás a jogar em vez de me dares atenção, ou de estares a brincar com o cão enquanto estamos a comer. Tenho saudades de nos baldarmos, eu à escola e tu ao trabalho, pra irmos pra casa comer e ver Simpsons que gravámos na Meo, ou na minha ou na tua casa, pais a trabalhar e casa todo o dia só pra nós, e dormirmos a tarde toda no sófá ! Tenho saudades de te pedir que me vás buscar não sei o quê à cozinha porque não me apetece levantar. Saudades de molhar as mãos com água gelada e metê-las nas tuas costas quentes quando estás distraído. Saudades de 'discutirmos' por coisinhas sem importância e depois fazermos as pazes com ataques de riso. Saudades das broncas da tua mãe porque 'adormeceste aqui'. Saudades de me adormeceres com cafoné quase todas as noites. Saudades dos nossos campeonatos de Super Mário, a ver quem passa mais niveís, mais mundos, quem perde mais vidas. Saudades de fumarmos à minha janela e impestarmos o quarto de perfume para a minha mãe não sentir o cheiro (o que nem sempre resultou). Saudades de fazermos porcaria na cozinha, inventarmos comidas ou fazermos sempre as mesmas (normalmente, panelas de esparguete com molho bechamel que despachamos numas horas - os kilos que eu não engordei com isto!). Saudades de te bater e que tu me batas de volta (são pancadinhas de amor, nada de violência doméstica LOL). Saudades até daquela vez em que saíste e prometeste voltar às 2h pra dormir comigo, e às 4h ainda não estavas, e eu tranquei-me no quarto para não poderes entrar (já que tinhas a chave de casa) e tu fizeste um choro incrível pra eu te deixar entrar (momentos estúpidos dos quais agora me rio).

Enfim, tenho saudades de estar contigo, com tempo, com calma, sem pressas. Agora sinto-me sozinha. Estou farta de jantar sozinha, de adormecer sozinha, de chorar sozinha. Estou farta de só poder ver-te duas horas por cada dia que podemos estar juntos (e não são todos). Fins-de-semana, raramente. Ir a tua casa tornou-se uma coisa mais difícil e ires à 'minha' (aquele sítio onde eu agora estou a dormir) é impossível. Já não tenho ninguém pra me adormecer antes de ir embora, ninguém em quem meter as minhas mãos geladas, ninguém pra ir passear o cão, porque até do meu cão estou longe; ninguém com quem ficar na cama a brincar, porque nem a minha cama aqui tenho; já não tenho aqui ninguém que me arranque do computador para lhe dar atenção, nem ninguém com quem cozinhar. E o pior é que nem pareces importar-te assim tanto.

Tenho saudades de rir e chorar contigo. De adormecer e acordar ao teu lado.
sinto-me, realmente, sozinha.

10 comentários:

Andreia do Flautim disse...

Oh amiga, imagino que não tem sido fácil. Ainda vais estar na casa da tua avó por muito tempo?

Ele(Eu_Proprio) @ disse...

=\ eu nao sei o que dizer mas eu tenho tantas saudades das coisas que nós faziamos e agora nao podemos mm fazer metade das coisas!! Eu acredito que quando tu estiveres em tua casa que as coisas vao voltar a ser o que eram e acredito mm nisso!!! se soubesses as saudades que tenho de ter que subir só 4 andares para etsar ctg... Amo te mt Amor @@@@ e podes ter a certeza que eu ando a tentar mudar um bocado isto com as minhas surpresas assim daquelas que faço á noite =D @@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@ Luv'ya baby

Sun(shine) , «3 disse...

Todos nós passamos por momentos destes, em que estamos mais sensíveis e saudosos daquilo que (aparentemente) não voltará a existir tão cedo..
Mas tudo, ao seu tempo, se encaixa na perfeição, e verás que não foi nada...já passou... :)

beijinhos

Ladybug disse...

Todos esses momentos hão-de voltar, só tens que acreditar ;)

Shakti disse...

Todos os passamos por momentos menos bons...calma e pensa positivo !!!

Pensamento positivo atrai situações positivas !!

bj

Menina disse...

Só te tenho a dizer que espero que tudo volte à normalidade rapidamente..

Força!

beijinhos*

pezinhos de cetim disse...

Foste Desafiada pela Seta do Cupido.

Passa no meu "estaminé", está lá tudo explicadinho ;)

Beijinhos, bom fim de semana

pezinhos de cetim disse...

E força aí! É preciso ter paciência (muita), um dia as coisas vão mudar de certeza...

angel disse...

Não tenho muito tempo para estar aqui, passei só para dizer para não desesperares, em relação a ele e a toda a situação com a tua avó...
Acredita, o que não te mata torna-te mais forte, eu sou prova viva disso!=)
Força e um grande beijo...
se precisares de alguma coisa ( e correndo o risco de algué me roubar o mail, lol, ) dsb_angel163@hotmail.com adiciona no msn e quando quiseres falar estás muitíssimo à vontadex!
Beijo grande C...estou contigo!=)

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Bom, ele já respondeu a este post. Fica a linda promessa, minha querida. Toca a esperar? depende do que tu queres. Mas compreendo o vazio que te deixe estes momentos.
E para ser sincera... acho que cresceste muitos anos (mentais) na fase descrita nos ultimos três posts deste blog. Sinto isso. Doi mas por vezes, é o seu resultado.

Beijo meu ♥,

A Elite