8 de maio de 2009

' Enterro do Caloiro.

Como acontece com todas as grandes experiências que vivemos ao longo do tempo, não há palavras que descrevam aquilo que sentimos e que vivemos, e como as pessoas que conhecemos, como as conhecemos, nos ensinam tanto sobre nós mesmos, sobre gente e sobre vida, como crescemos, como amadurecemos. Chegamos a um ponto que nos apercebemos como o tempo passa depressa, e como certas alturas pareceram eternidades intermináveis, e não percebemos como ainda ontem estávamos na primária e hoje já estamos de Traje vestido, (a transpirar que nem um cavalo com o calor que estava ontem e com os pés completamente moídos, aqueles sapatos são impossíveis); ainda ontem tínhamos receio de como seria o mundo universitário e hoje já estamos a acabar o primeiro ano (de apenas 3 de uma Licenciatura - sim, acho pouco).

Este post era suposto vir para aqui falar que me diverti à brava. Já não sou caloira. Fui praxada, enterrada, trajada, a minha capa foi traçada pelo meu padrinho. Vinha aqui dizer que foi uma das noites mais memoráveis, não só pela diversão em si (que o jantar e o álcool e os amigos trazem sempre), mas pelo acontecimento que foi e que está a ser. Porque foi uma espécie de "fim" de um ano maravilhoso! Não tanto pelo curso, porque sinto que caí lá de pára-quedas e pra ser sincera candidatei-me um pouco ao calhas, e agora vou remediar esse erro, que apesar de ser erro, por vezes sinto que tinha mesmo de acontecer, que foi um mal que veio por bem, que não teria tido este ano óptimo se não fossem as pessoas que conheci neste curso!

Mas vou poupar-vos a: ah e tal foi brutal, fiquei alcoolicamente bem-disposta, não porque tenha bebido muito mas sim porque não tive (nem tenho) paciência para estar em filas à espera de uma simples bifana por isso não jantei, e nem sequer comprei uma bebida, estava com o estômago vazio e bebericar de outros copos de outras pessoas chegou perfeitamente. Depois é aquela fase em que estamos tão bem-dispostos que falamos com tudo quanto é gente, até com aquelas pessoas que detestamos ou que 'não vamos com a cara de' e descobrimos que afinal têm qualquer coisa que se aproveite. E rimos e aparvalhamos e tiramos fotos estúpidas e fazemos vídeos idiotas e é sempre excelente e fantástico e blá blá.

Mas vou falar antes de outra coisa: estou feliz. estou feliz, por tudo o que se passa na minha vida (nem tudo é bom, atenção, mas as coisas que o são superam completamente as más), e uma grande parte dessa felicidade deve-se a isto: eu cresci (apesar de por vezes parecer e até querer ser um pouco infantil e criancinha, são as pessoas que têem a vida mais facilitada!), e ontem senti orgulho em mim mesma por me ver de Traje, talvez porque eu própria por vezes ainda me veja e sinta como uma autêntica criança. sei que é apenas o início de um grande percurso académico que começou na semana das praxes do ano passado. muitas coisas más aconteceram desde que entrei para a faculdade, nomeadamente começar a fumar ainda que apenas de vez em quando (mas é começar, pra todos os efeitos), ficar mais baldas em relação a tudo (são mais as aulas a que não vou do que as que vou), fazer mais porcarias que não devia fazer, definir mal as prioridades. e às vezes sinto-me 'culpada' , sinto-me mal comigo mesma, devia dar importância a coisas que são importantes (aulas, curso) e dar menos importância a coisas triviais (jantares, festas, amigos), mas depois penso... que faz parte. acho que faz tudo parte e por isso vou viver tudo ao máximo, as festas, os jantares, os amigos, o álcool, o tabaco, as drogas leves, o sexo, tudo. se não for agora, quando é?

Ontem foi o Enterro do Caloiro, e pra mim, foi significativo. espero que seja apenas o iniciozinho de muito mais :)

Agora vou passar à fase interessante e menos melosa (fotos):

Eu e a Excelentíssima Veterana E. :P

A Cláudia a aparvalhar e a S. a rir-se

O belo do TRAJE!

"faz um ar matador"


O padrinho super loiro com as suas afilhadas morenaças uhh :P
(à noite não se nota muito, mas com a luz do dia é que se vê a diferença, podia ser um anúncio da Benetton xD )

eu e os meus junkie partners xD

as miudas que ficam sempre comigo nos trabalhos de grupo xD






a CALOIRADA!!

(obs: há mais fotos, mas estas foram as que fiquei MENOS MAL, lol)
E agora, todas as 5ªs, é pra ir Trajada para as aulas (no meu caso, A AULA... só vou lá de 3ª a 6ª e é uma aula por dia, o resto das aulas não me interessa para mudança de curso x) ).

Muaah @

9 comentários:

Pedro Barata disse...

Ainda bem que te sentes feliz! :)
Beijinhos

Margarida disse...

ahaha, aqui nao ha nenhum enterro do caloiro :P a caloirada traça a capa na Serenata que acontece depois do velorio da gata . e amanha começa o Enterro da Gata (o chumbo, cm lhe chamamos) . é assim um bocadinho diferente do resto do pais . (bem, e pelo menoss uma diferença entre o norte e o centro/sul)

fica.te bem, o traje!
eu ainda tenho um chapeu :P ahaha

beijinho*

Shakti disse...

É bom quando os divertimos assim...gostei imenso de ver as fotos !!!

bj

MG disse...

Oh que saudades dos meus tempos. Aproveita ao máxim e o melhor que puderes.

CG disse...

Eu não tive nem praxe, e muito menos enterro... =(
A minha faculdade é um filme que só visto...
Tudo isso faz parte da vida. Mas aperceberes-te que não deverias fazer certas coisas é sinal que estás a crescer e a amadurecer, e isso é muito bom =)
Estás giríssima nas fotos! ;)
Big Kisses

Sydney disse...

ISCTE ISCTE.. grandes mancebos os meus meninos :D *****************

Morce disse...

Eu estou no 3 ano da minha licenciatura.
Os conselhos que te posso dar são: Aproveita todos os jantares ao máximo, balda-te pelo menos a 1 aula por semana para ficares na conversa, e nas aulas, não estejas com máxima atenção, continua a escrever bilhetes parvos e a conversar com os teus amigos.
Porque são os melhores anos da nossa vida, e fazem muito mais sentido se os aproveitarmos ao máximo.
E quando deres por ti, estás a acabar, como eu, e não queres sair dali por nada.

Menina disse...

Realmente ficas bem de traje =) lol sorte a tua! eu não gosto mesmo nada de me ver..

Parabéns ex-caloirinha =) eu queria por as minhas fotos, mas não as tenho e não tive mais com as pessoas que tiraram =(

beijinhos*

Olhos Dourados disse...

Então onde anda a gravata nas ultimas fotos??
O meu traje era igual a esse! Mas nós também tinhamos colete!