14 de julho de 2009

' Diário das Minhas Paixões Estupidamente Não Correspondidas I

WARNING: eis um daqueles desabafos mesmo muito muito muito grandes. daqueles post's que só queria escrever uns 3 parágrafos e depois sai isto. é de andar a ouvir muito 'sleepless heart' também LOL

Por vezes, pergunto-me a mim mesma, o que é que eu ando a fazer? Como se alguém me perguntasse "então, que fazes?" (e eu odeio essa pergunta). Estes quase 7 meses de 2009 passaram a correr e eu nem dei por nada... a passagem de ano foi ainda ontem, ainda me lembro como se hoje fosse dia 2 de Janeiro e no entanto, já se passou mais de metade do ano, e eu nem dei por isso, sempre atarefada, sempre com qualquer coisa que fazer, que me preocupar, sempre APAIXONADA e felizmente correspondida. tem sido um ano cheio, cheio de coisas e cheio de pessoas. estava a ser um ano tão, mas tão bom.

mas agora estou de férias, não nada para fazer.... o meu namorado acabou comigo há precisamente um mês! lol. os exames já acabaram, já fiz o book e já foram os espectáculos de dança... (quando tiver vídeos e as fotos, e sobretudo, PORTÁTIL, faço os respectivos post's). mas agora há duas semanas que não faço nada e nada faço a não ser vegetar por aí. a semana passada, tive 3 dias seguidos em casa e já estava a entrar em parafuso. não fiz nada senão levantar-me, fazer o almoço e ficar o resto do dia novamente deitada a ver televisão e a passar pelas brasas. descobri canais na televisão que não sabia que existiam, percorri o vídeoclube todo da Meo e já estava TÃO FARTA de nada fazer... é que um dia assim sabe mesmo bem, mas TRÊS... acho que dormi e comi mais em 3 dias do que em duas semanas... esta semana o meu pai tirou férias, mas a seca é a mesma. que é que se faz? nada. vai-se à praia, à piscina, passear, aqui e ali...mas até isso farta, sobretudo quando é com o nosso pai (que assunto de conversa é que se tem? lol).

QUE SECAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA...

isto porque, para variar, não tenho dinheiro para ir sair. nem para apanhar um simples autocarro para a praia.
mas a verdadeira razão por andar assim, chama-se sobretudo: vontade de nada fazer. queixo-me que não tenho nada q fazer, mas a verdade é que também não me apetece fazer nada. e tudo isto tem um nome: Tiago.

não acredito! desde os 15 anos que não tinha uma paixão não correspondida. achava que isso era coisa de pitinha - "gosto dele e ele não gosta de mim, snif snif snif", era o q eu escrevia nos meus diários quando tinha 14 anos. mas está a acontecer agora, que eu tenho 19. e de alguma forma, aquela minha maneira de pensar "só gosto de quem gosta de mim" não está a funcionar, caramba, sempre funcionou! a minha maniazinha de esquecer uns com outros sempre funcionou, e agora nem isso, imaginar-me com outra pessoa estando só por estar, enjoa-me. porque sei que ele gosta de mim. sei que as razões para não estarmos juntos são outras. teria sido tão mais fácil se ele dissesse que já não sente nada por mim, que está a sair com outra pessoa...

... mas não! ele fica dias sem me dizer nada, eu sou orgulhosa e também não digo, deixa-me louca de saudades e resolve aparecer em minha casa uma noite. e eu dou por mim a despir o pijama e a vestir-me, a maquilhar-me, a perfumar-me, a lavar os dentes a meio da tarde (só lavo de manhã e à noite), depois de ter estado 2 dias a vegetar e a apodrecer em casa.

ele aparece, ele dá-me um abraço enorme, eu mato saudades daquele perfume dele, ele fala comigo no escuro, ele encosta-se a mim, eu encosto-me a ele, dá-me beijinhos, dá-me miminhos, satisfaz-me a minha carência de amor enorme, é a pessoa mais carinhosa do mundo e ali, no escuro, fazemos o que temos a fazer. nem sequer fazemos sexo, fazemos AMOR. e eu já nada tenho a perder, quero tanto quanto ele, para quê dizer não e depois ficar com remorsos? no fim ainda ficamos a falar e a rir e "aninhados" um no outro como se ainda namorássemos. e no fim quando ele se vai embora não há uma despedida concreta,é como se fossemos namorados ainda, como se fosse só mais aquela noite que nos separa até nos vermos no dia seguinte. não sou estupida nem pita o suficiente para ficar com falsas esperanças, mas é assim que eu vejo as coisas, quanto a ele já nem sei. sei que foi aquilo e que possivelmente vai voltar a acontecer não-seii-quanto-tempo-depois, que foi bom mas que não há volta. mas sei que ele gosta de mim tanto quanto eu dele, as acções valem mais que palavras.

foi tão mais fácil seguir em frente de todos os meus outros namoros, mas aqui é diferente. não acabámos porque alguém fez qualquer coisa de mal, nem porque ninguém deixou de gostar de ninguem, acabou por razões que não compreendo e, enquanto não as compreender, não conseguirei seguir em frente.
porque, lá está, eu posso dizer com a máxima franqueza e sinceridade que: NÃO PERCEBO. eu tenho 19 anos e ele tem 22. não nos vamos propriamente casar, abrir uma conta conjunta nem ter filhos e toda essas coisas para as quais 'o amor não chega'. com esta idade, era suposto que nos tivessemos apenas a divertir, que saíssemos, que ficássemos em casa a fazer coisas interessantes, que fossemos amigos, que nos dessemos bem, e que gostássemos um do outro. TUDO ISSO ERA O QUE CHEGAVA E PARA ELE NÃO CHEGA. A MIM CHEGAVA-ME TÃO BEM! O GOSTAR CHEGA, SIM! não chega para algo mais, para algo com vista a um futuro longínquo. mas chegava para a nossa situação! e eu já ultrapassei a fase da negação, a fase do 'não querer perceber'. agora estou na fase do: por mais que queira, não entendo. o meu melhor amigo tem uma teoria:

--- diz:
*explica me tu
*não percebo nada assim
*ele diz que gosta de ti
*logo não pode estar contigo porquê?
- '' Claudjinha Good Girls go to Heaven, Bad Girls go Everywhere @ diz:
*É ISSO Q EU NAO PERCEBO
*é q eu propria n compreendo
*pra ele, o gostar nao chega
*inventa coisas e vai buscar coisas sei la onde
*sei la
*juro q n percebo
--- diz:
*nem eu
*como eu vejo pode ser uma de duas coisas
*ou ele não quer nada contigo mas não tem coragem para dizer isso directamente
*ou então sente se ameaçado por ti, do género, sente se inferiorizado
*como tal estaria a deixar o orgulho de lado se aceitasse voltar para ti
- '' Claudjinha Good Girls go to Heaven, Bad Girls go Everywhere @ diz:
*acho q é um bocado das duas coisas
---diz:
*como é que pode ser um bocado das duas coisas?
*ou ele quer continuar contigo mas sente se inferiorizado
*ou então não quer mas não é capaz de dizer que não

ultimamente só tenho pensado nele. há duas semanas, 5ª feira, 2 de Julho, tive ensaio geral de dança, porque o 1º espectáculo era (foi) dia 3. depois do ensaio, no metro a caminho de casa, sabendo que ía vegetar outra vez à frente do sofá e a pensar nele e a ficar muito triste, lembrei-me (felizmente!) que nessa noite havia um jantar de dois amigos meus e resolvi ir ter com eles para me divertir um bocado. estava de estômago vazio e decidi que nesse dia - que atitude tão infantil, eu sei, mas todos temos direito a cometer erros propositadamente de vez em quando - queria ficar bêbada e alegre pela primeira vez verdadeiramente feliz desde que ele acabou comigo. copo atrás de copo atrás de copo, com o estômago vazio, assim fiquei. tenho a sensação que todo o bairro alto ficou a saber da minha história com o Tiago, só falava nisso e mais outras parvoíces. cheguei a casa da minha avó tão mal (sim, eu tanto estou em casa de uns como de outros, não tenho habitação fixa também, e começo a ficar farta), que fui direitinha para a cama vestida e tudo. 14 horas de sono depois, ainda acordei com o alcool a correr no sangue xD fui ver as sms que tinha enviado e vi que tinha mandado uma ao Tiago a dizer "fui afogar as mágoas por tua causa" e senti-me verdadeiramente estúpida. foi tão estúpido, tão estúpido. entretanto conheci algumas pessoas lá, amigos dos meus amigos; a Cláudia de antigamente teria 'aproveitado'. A Cláudia de agora, que só pensa no Tiago, nem ligou a ninguém do sexo masculino que lá estivesse. e só de pensar que essa foi uma das razões dele: "sei que quando vais sair queres envolver-te com outras pessoas, e quero que sejas livre de o fazer" ou uma coisa assim. aqui tens a prova, Tiago, de como so não quero, como não consigo sequer, imaginar-.me com outras pessoas. a Cláudia-antes-do-Tiago desapareceu, felizmente ou não, não sei.

e é assim. regredi até aos 14 anos e estou feita parva. se me deito à 1h da manhã, só adormeço às 3h porque estive a pensar nele. nele, no cheiro dele, nos beijos dele, nas mãos dele, no toque dele, nele nele e nele e na próxima vez que ele se vai lembrar de mim e dizer qualquer coisa, e na próxima vez que eu vou ceder (não por ele, mas por mim, porque quero), e o que estará ele a fazer e se ele estará a pensar em mim, e de vez em quando vêem réstias de perfume dele que ficaram na minha almofada e pronto.

Ele está a trabalhar num supermercado ao pé da casa do meu pai. No outro dia quando fui lá às compras, resolvi ir fazer uma visitinha, ihihih... só me lembrei disso na altura, e estava toda mal vestida e sem maquilhagem sequer e com cara de quem tinha acabado de acordar (é nestas alturas, e também quando penso que nao vou ter com ninguém e encontro alguém conhecido, q penso "aprende cláudia.. sai de casa SEMPRE como se fosses para algum evento especial" xD), mas também que se lixe... ele já me viu nua e acabada de acordar, e no banho quando eu faço aquela cara horrível (tenho noção que é horrível) a fechar os olhos com muita força enquanto lavo o cabelo, não vá entrar espuma para os olhos...), portanto aquilo não era nada.

dois beijinhos na cara (infelizmente) e grandes sorrisos de duas pessoas que estão claramente apaixonadas depois, eu resolvi meter-me com ele (e eu até nem sou do tipo ciumento)... "então, ali aquela Promotora é gira não é?" (para ver se ele dizia que sim e eu o esquecia mais rapidamente, tipo 'ele já seguiu em frente, já olha para promotoras de congelados da Iglo'). ele respondeu "tu és mais". foi uma das poucas vezes que ele me deixou sem palavras, e a promotora era mesmo gira... e eu já estava a sentir ali o perigo iminente (o que é mais que estúpido, dado que não andamos/namoramos).

omfg... eu gosto tanto dele. já estou como a música... ne me quitte pas... ne me quitte pas... ne me quitte pas... agora sempre que for ao supermercado, vou super hiper mega gira, para superar a Promotora pá! e melhor, depois ainda soube que ela (a própria promotora) se virou para ele e disse "grande sorriso que mandaste à tua amiga quando a viste..." ... é paixão, é paixão. infelizmente, não concretizada!
posto isto, que fazer? esquecê-lo? (conselho da maioria das pessoas e que não me agrada nada,lol) OU (vê-se logo que é o meu melhor amigo: lê-me o pensamento e tem sempre conselhos diferentes dos da maioria. aliás, vê-se mesmo que é Gajo):

---diz:
*acho que devias continuar a vê lo
*ter sexo com ele
*e fazê lo precisar de ti
*mas sem ele perceber, claro
*ou seja
*não fazeres referências a isso
*simplesmente convidas para ir ter contigo
*tenta fazer coisas de que ele goste
*habitua-lo a estar contigo
- '' Claudjinha Good Girls go to Heaven, Bad Girls go Everywhere @ diz:
*é isso q eu tenho feito
---diz:
*e nunca o faças sentir inferior
*ou seja
- '' Claudjinha Good Girls go to Heaven, Bad Girls go Everywhere @ diz:
*eu nao o faço sentir inferior :-O
---diz:
*tens de o elogiar, fazê-lo sentir válido e tudo isso
*pá, fazes
*fazes isso com a maioria dos gajos
*ele não gosta que tu o controles
*tens de lhe dar a impressão de que ele é que controla
- '' Claudjinha Good Girls go to Heaven, Bad Girls go Everywhere @ diz:
*eu nao o controlo -.- eu farto-me de elogia-lo

--- diz:
*sim, mas como tu és mais activa e mais experiente crias essa impressão
*eu depois leio melhor aquilo e vejo se consigo perceber melhor

porque sim, é verdade. não é nada bonito de se dizer, mas eu é que o 'provoco'. pode ser ele a mandar a mensagem a perguntar se pode vir cá. mas sou eu que digo que sim. sou eu que quero. sou eu que faço por isso. sou eu q estou a lutar. pode ser SUPER ERRADO, mas é o que sinto que quero fazer. então, faço. e, ainda assim, a cada dia q passa, sinto-me a perdê-lo cada vez mais.

é assim que tem sido a desgraça da minha vida amorosa. estou na merda. estou sem nada que fazer, sem portátil, sem namorado, sem dinheiro, sem vontade de estar nem sair com ninguém. acho que sofri uma desilusão amorosa como já não sofria desde os tempos de pitinha, mesmo. por enquanto espero e desespero por me mudar para casa da minha mãe e começar a trabalhar (já arranjei uma cena para Agosto, eheh). e ter dinheiro para sair e divertir-me e conhecer pessoas novas, e SÓ DEUS SABE A FALTA QUE ISSO ME TEM FEITO. preciso que a Cláudia antiga volte, às vezes só me apetece olhar ao espelho e perguntar "o que é que fizeste à Cláudia?" LOL.
[e nem acredito que vi, no Meo, o filme "Crepúsculo". toda a gente falava nisso e eu nem queria ver. oh! quem me derta ter um Edward Cullen na minha vida, mas daquilo só existe mesmo nos filmes].

Muaah @

Ps. já tenho teclado novo, finalmente. enquanto não tenho portátil, ao menos sempre me vou desenrascando neste pc. é velhinho, é lento, nem sequer colunas tem, mas ao menos agora dá para escrever... ao menos isso! no entanto já tenho escritos uns 2 ou 3 post's com a 'escrita anterior', agora não estou pra corrigir, farta de corrigir estou eu. os próximos 2 ou 3 vão estar assim com falta de acentos e etc. lol.
Ps2 - desculpem-me as pessoas mais puritanas ou sensiveís que cá tenham calhado, se feri qualquer susceptibilidade. eu falo mesmo assim e sou um livro aberto e não seria eu nem este seria o meu blog se assim n fosse. 99% das pessoas acha mal que eu me exponha assim. whatever... '99% das pessoas acha' não pode ter qualquer impacto , lol

10 comentários:

Pikiiii disse...

Sabes, paixões mal resolvidas é o pior que pode haver. Falo por experiência propria, em tempos eu e um namorado (pronto o alguém da conversa do msn) fomos obrigados a acabarmos um com o outro pela nossa familia. Como eramos ainda para o criança a pressão familiar ganhou.

Agora actualmente, quando nos encontramos e não temos ninguém sabes o que acontece? Eu curto com ele quando me apetece, sim eu uso.o no fim dos meus namoros, eu uso.o quando tou triste, eu uso.o só porque me apetece (isto não é bonito de se dizer, mas é a verdade) e sabes porquê? Porque ele ainda gosta de mim e faz questão de mo dizer, eu sei que ele está sempre alí para mim..

Agora.. Porque te contei isto tudo, porque eu acho e muito sinceramente que o Tiago sou o Eu da minha historia, ele liga-te quando te apetece, ele aparece.te quando lhe apetece, ele beija.te quando quer, e faz amor contigo quando quer. Ele sabe que tu estás ali, quando lhe apetecer estás ali à disposição do menino para ele usar e abusar e isso não é bom para ti Cláudia, tu ficas com esperança que um dia ele mude de ideias e volte a querer um namoro contigo, mas muito sinceramente querida não me parece que ele vá mudar.

Mas isto é a minha opinião, posso estar errada, mas como te disse a minha historia está-se a parecer tanto com a tua.. E tu és uma rapariga gira, lindíssima, podes ter quem tu quiseres e estás a desperdiçar o teu tempo com uma pessoa que ligou mais ao que os outros diziam do que a ti e aos sentimentos que sentia por ti.

Beijinhooos e desculpa se me intrometi demasiado*

Anónimo disse...

Totalmente de acordo com a Pikiii e mais, só alguém com uma auto-estima muito fraquinha e sem amor-próprio para se sujeitar a isso.
Tens 2 opções: acabar de vez com ele, fazer o "luto" e tal (isso passa logo porque um namoro de 1 mês não é nada de sério fdx!!), recomeçar e aprender com o erro.
A segunda opção é continuares como tens feito, auto-destruires-te aos poucos e te arrependeres amargamente.
Digo-te mais esse teu amigo, omfg! Com amigos desses quem precisa de inimigos.
Enfim tu é que sabes mas estares aqui quase a pedir por favor para que ele volte... sem comentários. Neste momento ele deve estar a sentir-se um Deus, que absurdo!

j.

Maria disse...

Sem dúvida que esquecer alguém é complicadissimo, mas estar a alimentar uma situação assim, também não será o melhor..

Tenta falar melhor com ele. Não tentes ver o que não existe.

Um beijinho.

Le Enfant Terrible disse...

Segue em frente, de nada serve estar aí a sofrer, viaja, vê outras pessoas, move-te!

Olhos Dourados disse...

Eu também tenho a mesma opinião que a pikiii. Enquanto continuarem assim nem andam para a frente nem para trás...

B! disse...

O amor pode ser uma grande merda às vezes! Sinceramente não sei o que te dizer, sou muito imatura nesse aspecto :P

Se não tiveres nada para fazer estas férias podemos combinar umas coisas porque a partir de quinta estou de FÉRIAS!! Praia, cinema, dança (tenho curiosidade), desporto, saídas, piscina (só minha e de graça :P), o que quiseres!

Quanto ao novo visual do meu blog ainda bem que ficou giro pois já estava farta do outro layout!! Assim está muito mais alegre!

beijinhos

CG disse...

A mim parece-me que esta tua "relação" com o Tiago está a ir pelo mesmo caminho que aquela que tiveste com o teu ex: ele está contigo quando bem lhe apetece e não está também quando bem lhe apetece.
Compreendo o que sentes, mas acho que mereces mais do que isso.
Mereces alguém que esteja sempre presente. Não que tenhas de ter uma relação sufocadora, em que têm de se telefonar todos os dias, ver-se todos os dias... nada disso. Abomino esse tipo de relações.
Mas parece-me que apenas "uma coisa" lhe interessa e depois vem com as teorias do costume.
Acho que não te devias sujeitar a isso mas... isso tens de ser tu a decidir, ninguém o pode fazer por ti.
Big Kisses

B! disse...

Quase ninguém sabe... Não é completamente minha é de meia dúzia de pessoas (condomínio). Tenho outra casa que é pequena e onde não vivo agora e que tem uma piscina no topo do prédio, é mesmo bom =D

beijinhos

A Revoluçao Feita por Nós disse...

FINALMENTE! Pergunto-me: Remember me? Hehehe! Sim...eu sei...estive desaparecido! É verdade! Andei sem net o que dificultou ainda mais as coisas por aqui! Bom...mas estou de volta! Ouve lá...podes encontrar-me no MSN se quiseres.É mais facil que vir sempre aqui escrever. Brunosmile8@hotmail.com. Mais fácil para falarmos e tudo! Calma...não quero encontros românticos nem nada disso! Estou chateado contigo ate hoje. Nem fio dental, nem aeroporto, nem um prato de chocapic a meio da manhã!hehe! Vá...pelo menos ve lá se me adicionas! Faz alguma coisa de importante na tua vida!beijosssssss!!

Verinha disse...

Bem rapariga compreendo bem o que isso é!
Quando estive separada do B. houve uma altura que ele vinha ter comigo só pra ir pra cama e basicamente como eu tinha tanta necessidade de carinho da parte dele deixava-me usar, por isso percebo-te bem.
De qualquer forma agora que olho para trás acho sinceramente que a Pikii tem razão no que te escreveu aki e tu própria quando conseguires ultrapassar isto também vais achar o mesmo com certeza.
Eu sei que agora na situação em que estás não vale muito a pena dizer-mos que estás a agir bem ou mal, porque provavelmente só vais mesmo mudar de opinião com o passar do tempo.
Aproveita a vida, sai, diverte-te, ri, apanha gandes pifos lol, etc.

Se precisares de companhia para a praia ou assim já sabes. Eu antes de ir prá praia tenho de passar sempre no Monte a apanhar a minha irmã, podemos combinar na boa irmos um dia destes.
Eu sei que não te conheço de lado nenhum lol, nem tu a mim lol, mas tipo todas as pessoas que são nossas amigas também não as conheciamos de lado nenhum antes de serem nossas amigas! lolol

Bjks***