10 de setembro de 2009

' Já aqui referi

que estou oficialmente em PSICOLOGIA?! que me candidatei à mudança e consegui uma vaga, mesmo que tendo tido PÉSSIMAS NOTAS no meu antigo curso o ano passado, e tendo quase reprovado o ano?

ah pois é bebé! até inscrita já estou!! e recebi uma boa notícia: dois amigos meus ,em princípio (se conseguirem) vão entrar para o mesmo curso que eu. eu gosto de conhecer pessoas novas, mas é sempre bom ir pra lá já a conhecer alguém xD mal posso esperar pelas praxes, vou praxar, ihih.

(mas entretanto claro que não vou deixar de me dar com as pessoas do meu antigo curso. fiz amigos. verdadeiros, posso dizer que foram poucos, mas fiz. são poucos, mas bons).

e também queria ter ido dar sangue novamente, como já é rotina de 4 em 4 meses. elas implicam sempre com qualquer coisa: ou porque tenho a tensão baixa (tenho sempre), ou porque não comi, ou porque estou a fazer a digestão de uma simples tosta mista, enfim..sempre uma grande complicação. e no entanto nunca me senti mal. desta vez, não me deixaram dar porque eu tive mais que um parceiro sexual em menos de 6 meses. QUE TRETA! já nas outras vezes que fui dar respondi que "não" (que não tinha tido mais que um parceiro sexual nos ultimos 6 meses) à mesma pergunta do questionário, apesar de ter tido, e quando as análises vieram, estava tudo limpinho. desta vez é que fui parva. e eu usei protecção sempre, a probabilidade para ter alguma coisinha é TÃO BAIXA que nem era sequer razão para não dar sangue.. resultado: "só poderá dar sangue quando prefizer 6 meses desde a última relação sexual com a última pessoa, se entretanto tiver com outra pessoa, tem de esperar mais 6 meses". ou seja, para dar sangue: não se envolvam sexualmente com mais que 2 pessoas num ano inteiro xD FOGOOOOO...

já faz quase um ano desde que comecei a dar sangue e ainda nem recebi o cartão de dadora. é caso pra dizer: estamos em PORTUGAL. atrasos destes já pouco me surpreendem. já pra não falar no cartão de cidadão. pedi-o em Junho e disseram "duas semanas". já passaram quase 4 meses.


entretanto, continuo sem portátil. e a zon dá-me montes de avarias. a mtv portugal não funciona. nem a sony tv (que ainda por cima é onde dá o 'sexo e a cidade'). eu já nem me dou ao trabalho de participar avarias. eles não resolvem nada, é só chatear-me. zon não presta e ponto final. posto isto, ficar em casa é a minha morte. não sou pessoa de ficar sem nada que me entretenha. por isso, faço o que costumo fazer sempre: faço pela vida. faço aulas de código. compro roupa que a minha está toda velha. compro um telemóvel porque o meu deixou de funcionar antes que chegasse o Natal para eu pedir um novo. mas não, para o Natal já está o portátil na lista. sim, porque o meu já morreu definitivamente. mais vale gastar dinheiro num novo do que o mesmo dinheiro em arranjos de duas em duas semanas. R.I.P..

há uma coisa que me anda a deixar sinceramente triste. tenho andado preocupada com a minha avó. ela está a ficar - sem ofensa - taralhoca. nhónhó. a velhice começa a afectar a cabecinha, mais do que o resto do corpo. não sei se é alzheimer - e espero que não - mas ela de há uns tempos para cá que se esquece de muitas coisas, como quando tem as consultas no médico, quando é que eu vou lá jantar ("ah vinhas cá hoje?" quando falámos no dia anterior), e, mais preocupante, se já tomou os comprimidos. e 'pelo sim pelo não' toma demais. e depois fica com complicações. já foi para o hospital várias vezes. eu e as minhas primas organizámos uma caixinha para ela não se atrapalhar com as caixas. mas mesmo assim, estou com medo. estou com MUITO MEDO. tem de estar sempre alguém a controlá-la, e nem sempre alguém pode. estou também a usar estas mini-férias para isso, para estar com ela. mas e depois? e se ela piorar, e estiver um dia sozinha, e...? estou com medo. estou angustiada. a única avó que eu conheço... pode ser MÁ quando consegue, pode magoar muito e sim, magoa... mas é A MINHA AVÓ, mesmo com o veneno todo que destila. e está a ficar velhinha. e eu não quero que lhe aconteça nada. mas sei que ela está mal. às vezes, apetece-me chorar só pelo pânico.

tenho andado a portar-me mal (nem devia poder dar sangue só por isso,mas eles também não perguntam nada acerca de drogas leves), estou de férias sem nada que fazer, e triste por causa da minha avó... vou ali beber um cházinho muito terapêutico... os amigos são tudo na vida: fazem-nos companhia, deixam-nos vir à net actualizar o blog, fumam uns charros connosco e ensinam-me uns acordes na guitarra acústica (que está encostada à parede do meu quarto há meses à espera que eu lhe toque lol).

Muaah @

Ps. OIÇAM SÓ A MÚSICA QUE EU TENHO EM 1º LUGAR NO PLAYER, O COR-DE-LARANJA, É impossível alguém não gostar ;D

8 comentários:

Pedrinha disse...

ohh por acaso já tinha reparado na música e ainda no outro dia parei no teu blog e sempre que acabava fazia refresh pa ouvir a musica outra vez LOLOL

drogas leves? só faz bem para relaxar :P

Olhos Dourados disse...

Bem o cartão do cidadão demora a chegar em Lisboa! Bolas! O meu irmão tirou-o aqui e passado duas semanas já o tinha!
Eu tenho a zon e tenho a mtv de portugal e também tenho a sony TV, que cena, parece que nem estamos a falar da mesma zon! lol

Sobre dar sangue não posso dar porque não tenho peso suficiente, mas se tens consumido drogas penso que não devias dar, pelo menos por consciência.

B! disse...

Estou a ver que andas numa de back to classics no que respeita à música xD

Eu por acaso sou O negativo ou seja posso dar sangue a todas as pessoas! Mas o simples facto de ter pavor a agulhas diz-me para não pensar nisso!
Ainda bem que há pessoas como tu que não se importam com isso!

beijinhos

Menina disse...

Eu já tentei dar sangue mas não me deixaram também..tenho de tentar outra vez um dia destes..

E espero que comeces bem no novo curso =) Deve ser mesmo muito bonito!

BEIJO*

caditonuno disse...

que saudades de praxar alguém!!!


boa sorte e que comeces a estudar e a tirar boas notas!

Shakti disse...

Primeiro parabéns por teres conseguido mudar , principalmente para onde querias mesmo...segundo apenas te posso dizer que dar sangue é algo que a maioria das pessoas devia ponderar dar!!

bj

Maria disse...

Aiii... Que "inveja" da Psicologia..!
Que te corra bem..:)

beijinho.

CG disse...

Parabéns por teres entrado em Psicologia! ;)
Eu confesso, nunca dei sangue. Morro de medo de agulhas. Começo logo a transpirar por todos os poros. Mas sei que devia mudar isso.
Em relação à tua avó, deve ser complicado veres o estado dela a piorar, mas a vida é assim mesmo, não pára, infelizmente =S
Big Kisses