22 de dezembro de 2009

' Do Natal I

Eu sei que a grande maioria das pessoas fica escandalizada quando eu digo que não gosto do Natal. Mas reparem. Para mim, o Natal é 1 - uma festa católica; 2 - uma festa de família. Ora, se eu não sou católica, nem acredito em deus, e nem tenho uma família decente e unida (é um para cada lado), porque é que eu havia de celebrar o natal? seria tão hipócrita.

Quando era pequena, não me lembro muito bem dos Natais. Lembro-me a partir do momento em que começámos a ir passar o natal a casa da minha ex-madrasta (ex-namorada do meu pai). detestava. não era nada contra eles, eu é que não tinha paciência para tudo aquilo, pronto.

depois, passei uns 3 natais na 'santa terrinha' com a família do meu ex. só namorámos dois natais, mas o outro antes já andávamos 'enrolados'. e eu só ía, porque eles insistiam muito. e porque queria estar com ele, claro. de resto, detestava. e tinha de andar ali a sorrir, a desempenhar o meu papel social de boa menina que celebra o natal --'

agora, FELIZMENTE, não há namorado. FELIZMENTE, não há família emprestada. não há boa menina a fingir. e, FELIZMENTE, não há aquele ambiente de felicidade completamente supercicial. este ano, há eu mesma. a Cláudia que não gosta do natal, ponto.

sim, porque eu não percebo. o ano inteiro, andamos com humor de cão. é a crise, é o desemprego, é o trabalho excessivo, são os filhos adolescentes, os pais chatos. o ano inteiro tão depressivos e chega o natal... de repente somos todos felizes?? que se lixe a crise, vamos para os centros comerciais gastar rios de dinheiro e comprar superficialidades, cujos destinatários nem vão utilizar provavelmente! vamos doar dinheiro às instituições, comprar livros de receitas da Popota, e pacotes de arroz da Auchan para o Banco Alimentar! afinal é natal!

GOD!!!!!! eu estou feliz o ano inteiro. no natal também. só não tenho paciência nem tempo nem dinheiro para andar a dar voltas pelos centros comerciais, a comprar presentinhos... é stressante, é cansativo, é desnecessário... fiz isso com um amigo meu para ele ir comprar as prendas de natal e saí de lá a nunca mais querer ver um centro comercial à frente... nem paciência para estar a desembrulhar presentinhos e a sorrir falsamente a dizer 'obrigada'. nem sou falsa o suficiente para pegar em roupa que já não me serve e dar a instituições, só porque é natal. se for preciso, faço isso a meio do ano. não tenho pachorra para comer bacalhau cozido, que ainda por cima detesto, quando é uma tradição religiosa, religião essa que nem sigo. e muito menos, para montar e desmontar árvores de natal e enfeites, e a ouvir sininhos. e mandar sms a todos os contactos da lista telefónica à meia-noite, coisa que é impossível dado a rede estar saturada. lol. não.. de mim não vão receber mensagens dessas x)

este ano, a noite de 24 para 25 de Dezembro vai ser passada em minha casa, com a minha mãe; provavelmente vamos comer uma porcaria qualquer que ela vai cozinhar, e a seguir eu vou brincar um bocado com os meus cães, a minha mãe vai-me dizer para eu pôr a loiça na máquina, vou para a minha varanda fumar o habitual cigarro-após-o-jantar e a seguir vou para a net e ela vai ver as séries policiais do Axn. COMO TODAS AS 365 NOITES DO ANO.

(a unica coisa que eu gosto relacionada com o natal é a musica "All I Want For Christmas Is You", e também a "Last Christmas", lol, e a única coisa que eu fiz foi mesmo comprar 3 cartões de natal, para a minha avó e para os meus pais, porque pronto, eles não percebem a minha maneira de pensar, dizem que é da idade. de resto, abstenho-me do Natal...).

só uma coisa de última hora: acabei de descobrir um posting lindo que fiz há 2 anos... sobre quando escrevi a carta ao Pai Natal , LOLOL.

keep it real ;)

agora, se formos a falar do Réveillon, a coisa já muda de figura. os meus planos ainda estão assim muito enevoados, mas disto eu tenho a certeza: vou estrear lingerie vermelha que ainda tenho de ir comprar (isto porque detesto a cor azul), não vou comer passas (detesto), quero beber champanhe (adoro) e, TENHO DE BEIJAR ALGUÉM À MEIA-NOITE :)

Muaah @




adoro Nina Simone :)




Odeio o Inverno em geral. mas sobretudo, aquelas partes em que tenho que me despir, para ir tomar banho, e quando tenho de lavar o cabelo, e quando tenho o corpo gelado e a água morna me queima, quando tenho de sair do banho depois de me ambientar, quando tenho de me vestir, quando tenho de me pôr na cama, que está fria, gelada, e quando tenho de sair dela de manhã quando já está quentinha; moro entre o Monsanto e o Rio Tejo, mais frio que nesta zona em Lisboa não faz, é um gelo, mas um geloooo... não tenho aquecedor, a minha mãe não quer acender a lareira, tenho que me remediar com 3 camisolas de pijama, dois pares de meias, dois edredons na cama, e dormir com a cabeça debaixo da roupa para "abafar" e ficar quente, lol. no Inverno, fico caseira, não me apetece sair, apetece-me passar os dias todos na cama. quando calha um dia que não tenho mesmo nadinha que fazer, é o que faço, nem dispo o pijama e se saio da cama, tapo-a para o calor não sair xD no Inverno, fico mais triste, mais melancólica, dias há que me sinto deprimida só porque o céu está cinzento, e mais nenhuma razão em especial. ODEIO, ODEIO, ODEIO, O INVERNO. detesto em geral esta altura do ano... -.-

11 comentários:

Anónimo disse...

Como o pai-natal gosta do Natal eu gosto de ti.

Rosa & Henrique disse...

Cláudia, querida. Gostamos muito de ti, mas não temos pachorra para ler o que escreves. Beijos carinhosos!

Shakti disse...

São maneiras de estar e de pensar na vida...há que respeitar !

bj

_+*A Elite in Paris and New York*+_ disse...

Ja devemos ter tido a mesma conversa o ano passado (acho mesmo que sim) mas eu também nao tenho Natal, familia unida, compras e presentes e blablabla. Sou uma sozinha, e que assim seja :)

Beijo meu ♥,

A Elite

S'Lia disse...

ahahaha gostei da carta ao pai natal!

Eu tbm de uns tempos para cá deixei de gostar do natal .. acabou por tornar-s um dia como outro qualquer!

Mx um feliz para ti :) *

Olhos Dourados disse...

Ninguém é obrigado a gostar, claro, e se não gostas fazes bem em não celebrar, do que ser hipócrita. Há muitas coisas no teu texto que não concordo, mas cada um tem a sua maneira de pensar.

EU adoro o Natal.

Joana Avi-Lorie disse...

hi babe! Olha entendo-te perfeitamente eu também detesto o Natal, gostava quando era maisnova e a minha avó era viva.. nessa altura era bom porque ela era a única que me dava coisas que eu realmente gostava e que os meus pais nunca me davam (eles so queriam saber de dar coisas caras...) mas pronto, todos os outros dias do ano era bons quando ela estava comigo. depois dela morrer os dias tornaram-se mais tristes mas especialmente aqueles em que era suposto estarmos em familia. O natal era também dos poucos dias onde via os meus pais por mais de 4 horas seguidas.
mas agora olha... nao acho piada, a minha família também já não é a mesma coisa, os presentes são uma estupidez porque ou me dão coisas estupidas ou me dão dinheiro e também acho ridiculo o caracter de "obrigação" que as pessoas dão ao oferecer presentes.

todos os anos digo que não é preciso incomodarem-se e todos os anos tenho de arranjar espaço para despejar um quilo de porcarias que me deram.

bem quanto a isso de deixar as pessoas felizes... bem, ignorance is blessing, por vezes. mais vale dar-lhes estes 2 dias de felicidade do que nada.

Anónimo disse...

Estava a passa no facebook e vi que conheces o antonio oliveira e o joao almeida. Vi o link para o teu blogspot e perdi algum tempo a ler. Curiosamente também gostas de wham! e nina simone,só te digo uma coisa: CHEERS!! ;P

Alex Page disse...

Gosto como venho ao teu blog e leio o que tu dizes pessoalmente :P É giro ^^

Tambem adoro Nina Simone ;)

' Claudjinha disse...

Queridos Rosa e Henrique,

obrigada por me comentarem depois de tantos ANOS! gosto muito de voces, mas se não quiserem nao leiam :P quando combinamos um cafézinho?? LOL

' Claudjinha disse...

Anónimo II,

dava jeito saber quem és e dessas duas pessoas que falas do facebook, que me lembre só conheço o João Almeida :P