11 de dezembro de 2009







Oiiii!

São 6h22 e resolvi vir agora escrever um posting. é que vim da night, e, claro, se fosse um dia normal, ou seja, mais uma 6ª em que não tenho aulas, dada a p*ta da minha boa vida, a esta hora já estava a dormir,vestida e sem lavar os dentes e com a maquilhagem ainda posta. mesmo à nojenta.

só que, o que se põe, é que vou ter aula de condução às 11h. e pra isso tenho de sair de casa às 10h. e pra isso tinha de acordar às 9h. e, bem feitas as contas, se me fosse deitar agora, ía dormir 2 horas. aliás, ía dormir mais. ía dormir até às 18h que eu não consigo acordar com duas horas de sono, não há despertadores que me valham quando eu durmo que nem uma pedra. mas é que é mesmo que nem uma pedra. quando a Cláudia tá a dormir, até podem cantar e dançar forró ao lado. ou seja, mais vale não dormir...

então, para ajudar a passar o tempo, resolvi vir escrever.

sim, é verdade que não estou lá muito bem. ainda estou a arrotar a Vodka. a noite correu bem e era Ladies Night. e eu, de resistência ao álcool tenho zero. sobretudo, quando fumo em simultâneo. resultado: tinha 3 bebidas, mas a meio da 2ª (sim, DA SEGUNDA, agora podem chamar-me de fraquinha porque sou mesmo), já estava meio tonta. o meio tonta evoluiu para mal-disposta. o mal-disposta evoluiu para "ai mãezinha deixa-me pôr a cabeça entre os joelhos que senão ainda me vomito para aqui toda". mas nunca vomitei por álcool e esta não havia de ser a primeira vez. epa, e a sério, acreditem: eu até nem sou daquelas pitas de 16 anos que se acham enormes porque vão para Santos e dizem 'ai estou tão bêbada' porque beberem uma coca-cola. nunca fui assim, nem quando tinha 16 anos. e quem me dera a mim, QUEM ME DERA A MIM, beber as 3 bebidas a q tinha direito, e ter ficado normalíssima.

foi uma noite do caraças, fora aquela parte em que um amigo de uma amiga me tentou beijar (=passou-me a língua pelos lábios) só porque eu lhe dei um cigarro. limpei a boca 1000000 vezes ao top e o top já foi para lavar. biaaackkk... maldita a hora em que eu disse "amigos dos meus amigos, meus amigos são".

perto das 6h, a noite já estava a morrer. pelo menos para mim. achava que ía ter autocarro pra casa às 6h, afinal era às 7h. já estava a ver a minha vida a andar pra trás, não tanto pelo tempo, mas mais pelo frio de rachar. é que eu já nem sentia o corpo com tanto frio. mas lembrei-me que tinha 2 autocarros que paravam mesmo à porta de minha casa, ainda tinha um que me salvasse. por isso, fui aos S's até à paragem seguinte. para bem da minha alminha, faltavam 3 minutos para o próximo. e pronto, foi assim que eu descobri que há um autocarro directo pra minha casa às 5h36. que fixe... só pensei "que p*ta de sorte a minha". pelo caminho encontrei um gajo que me chamou de bebé e me pediu o número de telemóvel. disse que já tinha perdido o mês quando eu disse que não, mas por acaso nem me chateou muito. e por acaso eu até estava com medo.

enquanto esperava pelo autocarro, e esganada de fome (estou sempre com fome, também), resolvi comer a maçã que tinha na mala há uma semana. sim, estava praticamente podre, toda amolgada e quê. mas eu gosto sempre de andar com comida à mão, não vá o diabo tecê-las. entrei no autocarro e, 2 trincas depois e mãos de manteiga como sou, deixei-a cair. não, não estava suficientemente bêbada para comê-la... mas como sou uma boa cidadã, também não a deixei no chão, obviamente.

resolvi então, e numa tentativa desesperada para não adormecer, continuar a ler o livro de Código. (sou gaja, na minha mala anda tudo, inclusivé livro de código e comida). o exame aproxima-se, e eu resolvi ler o livro todo do início ao fim e até já estou quase a acabar. claro que foi uma tentativa desesperada completamente falhada, nem 5 minutos depois já estava a dormir, na página aberta sobre as contra-ordenações. felizmente, acordei antes de chegar a minha paragem.

e aqui estou eu. quase com palitos nos olhos. já não posso ver copos nem tabaco à frente, estou capaz de ficar uma semana sem fumar. não posso nem quero adormecer. por isso, vou tomar o pequeno almoço, vou arrumar o quarto, lavar a casa-de-banho, fazer pinos e cambalhotas, tomar 20 cafés, ler blogs, ver o nascer-do-sol, estudar mais código, whatever it takes. às 10h em ponto quero estar com a espertina toda, sair de casa, e ir conduzir como se tivesse dormido uma noite de 9h descansadinha. tem de ser. e eu vou conseguir.

não há nada mais forte que a força de vontade, hein??

(que giro, mesmo com a moca de sono com que estou, ainda consigo escrever um texto coerente. vou ter que dar razão às pessoas que dizem que eu escrevo bem. até escrevo. há pessoas que, completamente sóbrias, não conseguem colocar a pontuação como eu. ahah.)

faxavor de ler o posting abaixo, fi-lo apenas há umas horas atrás.

Muaah @

20:01 - acordei há pouco, ainda com sono. as aulas de CONDUÇÃO correram bem, apesar de eu estar um bocado lenta. mas estava bem desperta. o instrutor obrigou-me a repetir inversão de marcha tanta vez, mas tanta vez, que até sonhei com inversões de marcha. agora, estou com um humor de cão, tudo à minha volta me irrita. acontece-me sempre que faço directas e depois durmo o dia todo. baah.

6 comentários:

Inês disse...

Muito bem! Fiquei a saber como te correu a noite.
Agora não compreendo o motivo de levares o livro de código para a noite. É para ele se divertir também?

beijinhos*

Olhos Dourados disse...

Ai rapariga, espero que essa aula de código não corra mal!

Maria Nena Freitas disse...

estavas tu a escrever e eu a vestir-me pa ir trabalhar...

depois dos 20 é assim

Anónimo disse...

Isto é só aventuras xP

Confesso qe (até) gostei de ler o qe escreves-te porqe nao falas-te mal de mim = D (Rir)

DASF

Alex Page disse...

Credo! Eu acho que mesmo só pelas duas horas tinha ido para a cama :P
Mas pronto... ainda bem que não foste, se não não havia blog pa ler :P

Ines C. disse...

kadinhax... es comica! gostei de ler, so tambem nao percebi o porquê do livro de codigo lol. bj gd!