24 de janeiro de 2010

' And All That Jazz XV



(exercícios aeróbicos que temos feito em Urban Striptease Aerobics. mas nós fazemos mais com a barriga e pernas. nos dias seguintes dói-me sempre os abdominais e as "coxas". mas ainda bem. é sinal que foram trabalhados; e,claro, ninguém usa essas roupas daí. era demasiado provocante. LOL).

---- // ----

2ª feira tirei o dia para estar com o menino.

3ª feira, tirei o dia para estar com o menino, tive duas aulas de condução e à noite fui à dança.

4ª feira, tirei o dia para pôr os sonos em dia e responder ao desafio da Elite (que não ganhei). passei o dia todo a dormir às prestações, com o despertador de 3 em 3 horas para responder às perguntas do desafio.

5ª feira, tirei o dia para não fazer nenhum, excepto uma aula de condução (a 31ª!!!!!!!!!!!!!!), e à noite, dança com ela. correu lindamente, fora aquela parte em que eu mandei com a mão esquerda com toda a força contra a parede (obviamente sem querer). até vi estrelas, sem exageros. e dói-me a teclar!!!.

6ª feira, tirei o dia para visitar a minha avó. (apesar de todos os dramas que passei com ela, continua a ser a minha avó e uma das minhas resoluções para este ano era visitá-la o mais frequentemente possível). claro, não me apetecia nada, mas lá teve de ser. depois tive médico de clínica geral (=uma seca, que mais saudável do que sou não poderia ser mas já não ia ao médico aí há um ano, LOL, e descobri que emagreci, mas isso falo mais adiante), e à noite fui assistir a Salsa na minha escola de dança, porque estou a pensar em experimentar.

Fim-de-semana, tirei-o para passar com o meu pai, porque ele está sempre a chatear-me que eu já não vou lá a casa como ia dantes. e como tenho planos para os próximos 5 ou 6 fins-de-semana, resolvi aproveitar este que não tinha nada. pedi-lhe para treinar a minha condução e estacionamento e cheguei à conclusão que 1 - o meu instrutor tem muito pouca paciência para quem está a ensinar algo a alguém (o meu pai, que é impaciente, teve mais paciência); 2 - o carro do meu pai é de 98 e a 1ª e 3ª mudança estão todas atrofiadas... em vez de arrancar em 1ª arrancava em 3ª e o carro foi abaixo 874187 vezes, algo que NUNCA deixo acontecer no carro da instrução, que é bem mais recente; 3 - eu não conduzo assim tão mal. ter outra pessoa a ensinar-me as coisas de forma diferente ajudou-me bastante... o meu instrutor ensinou-me coisas mal, como o estacionamento e outras coisas que tal.

5ª feira, estava a sentir-me mal (psicologicamente). sentia-me uma falhada: as más notas, e ser má na condução. porque, epa, ou eu sou muito mázinha a conduzir, ou o meu instrutor é que é mesmo mauzinho a dar nas orelhas. qualquer coisinha (nem que seja o carro ficar a um palmo do passeio no estacionamento em paralelo), faz uma tempestade num copo d'água. e critica, e grita, e resmunga "e vocês fazem sempre isso"... uma pessoa fica nervosa! e depois contradiz-se em certas cenas... tipo dizer que tenho de reduzir a mudança de 3ª para 2ª quando diminuo a velocidade para, por exemplo, parar no semáforo, e quando eu faço isso ele diz "mas porque é que estás a reduzir a mudança?!?!!?". vá lá perceber o homem. ou então dizer para eu não ultrapassar os 50 km/h dentro de Lisboa e depois dizer para eu acelerar. e eu digo "estamos dentro de uma localidade", e ele, pimba, carrega no acelerador. eu acho que ele me induz a erro! na 5ª feira disse que já estava melhor, mas que mesmo assim... eu perguntei se era preciso aulas extra, ele disse para esperar pela 32ª aula (a última obrigatória) e logo se via. eu acho que, se conhecer o percurso do exame (como vou conhecer) e estiver concentrada, passo, sem precisar de aulas extra. o meu instrutor é que começa logo nos primeiros 5 minutos da aula a resmungar. está sempre mal-disposto. depois deixa-me a mim mal-disposta e eu faço uma data de coisas mal por pura distracção. nem sequer é por não saber. é que, mesmo que eu esteja confiante, ele suga toda e qualquer auto-confiança!

nesse dia, estava tão mal-disposta, mas tão mal-disposta, a sentir-me a pessoa mais falhada ao cimo da Terra, (e também tinha 2 horas livres entre a condução e a dança), que resolvi ir ver os saldos. acabei por gastar os únicos 30 euros que tinha até ao fim do mês, mas foi uma terapia que só visto. fiquei logo melhor. pra já, encontrei uma saia lindíssima. mas não encontrava o meu número, 40. perguntei à rapariguinha que estava na loja se não havia maior. ela disse "mas tu vestes 36, não?". eu ri-me e disse "não. 40". ela ficou a olhar para mim, tipo "40?! não acredito que vestes tanto" (mas não o disse. mas lá está, é das tais coisas que me chateia. desde quando usar 40 é uma coisa do outro mundo? é o que a maioria das mulheres usam, senão mais. let's be real!). ela disse que o meu corpo enganava, que eu passava por usar um 36. acabei por ir experimentar o numero mais alto que havia, 38. tal não foi a minha surpresa quando me assentou que nem uma luva, sem eu sequer ter de suster a respiração. mais! coube num vestido que era S. S de SMALL!! levei o vestido porque ele estava a 3 euros em saldos na Zara (3 euros!!! sim, eu também fiquei "wow, como é possível um vestidinho tão giro estar só a 3 euros na Zara"). fica-me TÃO BEM.

estava no provador e comecei a achar algo estranho: ESTOU TÃO MAGRA! - pensa a Cláudia para consigo mesma. pois é. eu não ligo muito ao peso, medidas, dietas, etc. enquanto me sentir bem... nem ligo. mas, por acaso, há algum tempo que andava a achar estranho as minhas calças nº40 estarem sempre a cair mesmo com o cinto apertado no máximo. ah, pois é. emagreci sem dar por ela e desci um número de calças/saia. e, no tal médico a que fui na 6ª feira, quando me pesaram (ele pesa-me sempre e mede-me, para ver o meu IMC, aquele médico analisa tudooo), deu 69 Kg e o peso ideal para a minha altura. a última vez que tinha ido a esse médico pesava 74 Kg e o IMC já estava no excesso de peso e o médico deu-me um sermão que só visto. e agora, pergunto-me: como, se eu só como porcarias? (tipo fast-foods e MUITOOO chocolate). provavelmente, da dança, dos exercícios aeróbicos estilo Call On Me que fazemos em Urban Striptease e do sexo. (sim, que o sexo queima muita caloria e a minha libido ultimamente tem andado em altas. é antes de dormir, quando acordamos e às vezes quando um de nós acorda a meio da noite/tarde/manhã, e apetece aos dois. oh yeah, sex is good baby).

mas eu sinto-me bem no meu corpo, use 38 (como agora), use 42 (como já usei em tempos). não gosto muito sequer de estar sempre a mudar de número, que a roupa fica-me desajustada. mas, confesso, nesse dia fiquei mesmo contente. olhei-me ao espelho e, digo, com todas as letras: achei-me BOA. B-O-A. tudo no sítio. mamas, barriguinha lisinha sem encolher, jeans a assentarem perfeitamente no rabo, que faziam uma curva perfeita com as ancas. foi, ou não foi, uma terapia?

nesse dia ainda, fui à dança à noite, novamente. e nunca me soube tão bem fazer aquela sessão de exercícios aeróbicos. (se bem que já estou a enjoar de Urban Striptease. agora queria ver se ía experimentar outras modalidades, como Salsa e Dança Jazz, já estive a assistir a umas aulas e achei fabulous). nesse dia, fiquei com menos 30 euros (=0 euros de capital no total), mas duas peças de roupa fantásticas no meu closet, e a saber que desci um número de roupa.

saí de lá totalmente renovada e a pensar "eu posso ser burra, não saber conduzir e ter más notas. mas, epá... eu sou gira e boa e sexy a dançar Urban Striptease!" (eu sei que isto é extremamente convencido, mas que se lixe. sentia-me assim e pronto. e fez-me bem). mas pensando melhor, a beleza exterior não é nada em comparação a ser bem-sucedida. por isso voltei a sentir-me mesmo burra e com falta de capacidades mentais em relação a tudo o resto. se eu chumbar no exame de condução, juro, vou ficar uma semana em casa a chorar. das notas do 1º semestre, essas já nem falo. foram péssimas e pronto, apesar de eu me ter esforçado (tipo, não ter faltado a aula nenhuma) e ter estudado bastante.

enfim. voltei há pouco do fim-de-semana com o meu pai. ainda jantei hoje com ele. deu para pôr a conversa em dia, e para ele não dizer que eu já não gosto dele nas próximas semanas. isto de ter que me dividir por três (pai, mãe, avó) às vezes é complicado. se fico um dia (UM DIA) sem dizer nada a um, já vêm com tretas que eu não gosto deles e que sou uma filha/neta desnaturada.

e pronto, foi assim a minha semana. eu sei que isto não interessa a ninguém, mas apeteceu-me e pronto. ah, e estou com saudades dele. a contar os dias e as horas e os minutos para quando vou estar com ele outra vez. é normal, é da paixão! não tenho tido sorte em quase nada e muito menos ao jogo, mas no "amor"... ahah.

Muaah @









(o striptease MAIS FANTÁSTICO que eu já vi...)



"atrais com o exterior, conquistas com o interior", Bruno.


8 comentários:

Anónimo disse...

Só comento porque tenho pena do pato.

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Para resumir : wow, mocinha, wow. E foto da roupa? e um video de uma aula tua com o teu instrutor? e um video de ti e o Bruno a... ah, isso não, mas pronto, pedi.

Beijo meu ♥,

A Elite

Joana Avi-Lorie disse...

olha se te serve de consolo eu também sofria o mesmo que tu na merda da minha escola de condução e havia dias que saía de lá a sentir-me a maior merda do mundo até porque o meu instrutor fazia questão de dizer que eu era muito bonita mas não tinha jeitinho nenhum para aquilo. como se uma rapariga por ser bonita estar automaticamente despejada de qualquer outra capacidade -.-

enfim, machistas de um c****** LOL olha tens uma sorte por emagrecer assim! eu agora voltei (finalmente) para o ginásio mas ainda estou no ritmoo dos exames, cheia de sono e as vezes nao consigo resistir a uma bolachita. ah, e infelizmente não há sexo para compensar agora :´(

B! disse...

Eu por acaso tive a maior sorte do mundo com as minhas aulas de condução porque o instrutor até era porreiro!

E incrível como o nosso humor pode mudar drasticamente na mesma semana xD Parabéns pelo peso :P

beijinhos

disse...

Foi uma semana bem preenchida a tua!!!
Olha pequeno resumo das minhas aulas de condução: eu azelha a manobras, a fazer paragens de bater com o nariz no volante, o instrutor um velho na idd da reforma, a xeirar a medicamentos e as vezes a xulé (dei-me agora conta q nem sei cmo se escreve), passava as aulas ao tlm a falar com uma mulher (pensava q era a amante) até q descobri q era a filha, ah e tava na 17ª aula qdo deu em berrar cmg pk n sabia fazer o ponto de embraiagem (PORQUE ELE SE ESQUECEU DE ME ENSINAR), foram assim as minhas aulas, só espero nunca + ter de repetir!!!
Quanto a ti minha cara taurina, boa sorte e paciencia, muita paciencia!!!

Olhos Dourados disse...

Quando fui a exame ainda nem tinha dado as aulas todas, eu achava que ainda era cedo, mas ele propôs-me a exame na mesma e passei=)
vais ver que corre tudo bem.

Bem eu visto 34 desde que me lembro...

B! disse...

Muito obrigada pelo convite mas não posso aceitar porque estou proibidissima de sair este fim-de-semana (campeonato :P ) Por isso não vou aceitar nenhum dos convites apesar de todos serem tentadores =)

beijinhos

Alex Page disse...

Ai ai... tanto coisa que eu não sei por aonde hei-de comecar XD

Tipo... tu deves ser a UNICA rapariga que eu conheço que não fica completamente super hiper feliz de emagrecer. mas ya... ainda bem que não es uma dessas anoreticas horriveis :P
tas muito bem como tas e sim... sensualidade não te falta :P

isso da condução... nem imaginas as coisas que eu tive de esquecer das aulas, para começar a conduzir em condiçoes XD o meu pai quando eu conduzia atirava com cada grito que eu ate me assustava :D

Salsa e Jazz ;) Parece-me bem ;) Temos que ir a uma disco uma vez juntos para dançar... e não estar só no sofa :P

Bjs