6 de março de 2010


Eram 22:08 e já estava na cama, de cansaço e sobretudo moleza e vontade de não fazer nenhum da vida. tinha acabado de tomar um banho super quente e de jantar - combinação perfeita para adormecer que nem um bebé. estava já a começar a fechar os olhos e com sintomas de onda de sono incontrolável - olhos a arder, espasmos musculares, sonhar acordada e o som baixíssimo da televisão fazer-me confusão - quando resolvi que era cedo demais para dormir. se adormecesse às 22h de 6ª, Sábado ia acordar por volta das 10h, contando que dormia 12 horas para repor os sonos em falta do resto da semana. mas 10h no sábado é muito cedo. um sábado com S grande, para mim, é acordar às 14h. almoçar. voltar para a cama. voltar a dormir.

por isso, levantei-me, fumei um cigarro, meti-me à janela para levar com o vento na fuça para despertar, e vim dar uma voltinha pela net - vulgo, blogosfera.

estava contente, até que uma onda de, sei lá, nostalgia? me invadiu. quando leio assim mts blogs seguidos fico assim. por isso é que, quando não tenho muito tempo nem paciência, só vou àqueles que gosto mais de ler (nem sempre de comentar). deparo-me com tantos temas diferentes, tantas pessoas diferentes, personalidades diferentes. coisas que me põem seriamente a PENSAR.
e eu, quando penso muito na vida, fico toda filosófica, toda poética, toda com vontades de chorar, ai que a vida é tão bela e tão triste ao mesmo tempo. uma desgraça, portantos. dantes, ainda investia essa minha energia criativa a fazer pseudo-poemas. agora, nem isso. perdi a paciência. pior, estou com a sensação que quero escrever 1001 coisas mas não me sai nada quando abro a janelinha do blogger. ando a perder qualidades.

mas o que me abalou mesmo foi uma cena....que não estava à espera. estava contente, até o Bruno ter dito uma cena via msn que me magoou. que me magoou a sério.

agora tou assim. triste e magoada.

ainda é 00h20, se for dormir agora acordo as 12h20, se dormir com as janelas todas fechadinhas (que eu cá gosto de dormir tal qual vampiro, na escuridão). mas como só quero acordar lá para as 14h, vou pôr uma bossa nova a tocar para ver se isto anima.

uma 6ª feira à noite em casa já é mau. triste, então, é que não pode ser. eu até costumo ser uma pessoa contente e bem-disposta e alegre assim 95% do tempo (os restantes 5% são quando acordo, ou quando tenho muitas coisas que fazer e não me apetece fazer nada - fico refilona). mas agora é que me deu. é caso pra dizer: mais valia ter adormecido, feliz e contente da vida, às 22h. a minha sorte é que a minha tristeza costuma ser efémera: amanhã já passou!

Muaah @

8 comentários:

ADEK disse...

Bom fim de semana:P*

Morce disse...

BOM DIA!!!!!!! Espero que estejas bem, e fresquinha que nem uma alface!

Menina disse...

Vais ver que hoje de manhã já tudo parece melhor =)

beijinho*

Ni disse...

Espero que já tenha passado querida! ^^

Tens uma coisa fófinha para ti no meu blog*
Bom fim de semana :)
Beijinho*

B! disse...

Não és a única a teres noites assim! A mim também me faz confusão deitar-me cedo e ás vezes sinto-me um bocado solitária à noite...

beijinhos

S* disse...

Dias maus infelizmente todos temos... é animar!

Anónimo disse...

Chorar faz bem, limpa os canos lacrimais.

É como tomar banho, portanto chora nem que seja por uma questão higiénica :D

Alex Page disse...

Pois... há dias em que nos sentimos assim :(
Mas como tu já disseste... isso passa... e passou :]