28 de abril de 2010

' A fita de finalista que eu escrevi ao meu Padrinho.



Ainda me lembro como te pedi para seres meu padrinho. Estavas (muito, demasiado, "beaucoup") "bebido", em cima de uma estátua no Rossio, no meu primeiro rally tascas, nas minhas primeiras praxes... e eu estava em baixo, a pedir-te, parecia mais um pedido de casamento, não fosse dares-me o abraço em vez do beijo.

Devo dizer-te que nada de particularmente forte me moveu para te escolher a ti. Naquela altura não prestava muita atenção aos veteranos, se bem me conheces sabes que estava mais virada para os caloiros... eheheh. Simplesmente, naquele dia, tinhamos de decidir quem queríamos que nos baptizasse, e tu estavas "ali à mão" e tinhas (tens) uns belíssimos olhos azuis que até "íam com" a cor dos olhos da minha madrinha (M.). Ah, e também já não estava propriamente sóbria (eheheh). 

Mais tarde, apesar da minha escolha ter sido aleratória e de eu perceber que não podia contar contigo para me emprestares apontamentos e tal (se bem que a cena dos apontamentos nem era o que me preocupava de maior, pois sabia (quase) desde o início que queria mudar de curso e ía às aulas praticamente passear), percebi que tinha feito a escolha certa, porque te mantiveste sempre presente. Foste sempre uma presença constante, e sempre o espírito de alegria das reuniões sociais de GRH. Digo-te, sinceramente, tinha (tenho) orgulho em ti por isso. Às vezes invejava a tua genica.

Muita coisa mudou, mudei de curso, afastei-me de vocês, mas por vezes eras o único a mandar-me uma sms a dizer que ia haver um jantar nessa noite (mesmo que só a mandasses 2 horas antes do dia, ou seja, em cima da hora). Muitas vezes foste o único, não digo a lembrar-se de mim, mas a avisar-me.

Enfim, mantiveste-te presente e dou muito valor às pessoas que se mantêm presentes na minha vida, e não àquelas que se afastam porque eu mudei de curso...

Agora és, finalmente, finalista, e eu aqui, ainda no meu 1º aninho (com um de atraso), god, sinto-me uma pita.

Desejo-te mesmo o melhor para a vida, e que te mantenhas sempre presente, como mantiveste nestes 2 anos. E PÁRA DE CHORAR! eheheh...


Adoro-te Padrinho
de uma das tuas muitas afilhadas giras
C...


Isto era tudo o que eu queria escrever (na fita de finalista do meu Padrinho Académico). Mas não tive espaço, tive de me resumir muito mais. Mas gostei à mesma :D

Muaah @

o namorado da minha mãe, pelos anos dela, ofereceu-lhe uma máquina de fazer pão, porque ela estava sempre a queixar-se que tinha de estar sempre a comprar. maravilha. pão quente e estaladiço logo pela manhã, cozinha a cheirar a pão acabado de cozer e de "sair do forno"... opa, para ser perfeito só faltava mesmo uma máquina que fizesse panquecas accionada pela voz. tipo "faz-me uma panqueca muito grande", e ele faz em 3 minutos, tempo de eu fazer um chá. quem diz panquecas, diz crepes, waffles... enfim, coisas boas! :D não me apetece nada ir às aulas... preciso urgentemente de dormir.

13 comentários:

marie disse...

O meu padrinho a partir do 2º ano foi da minha turma. Começamos a ser do mesmo grupo de trabalho e davamo-nos muito bem. Ele era a maluqueira em pessoa mas é daqueles malucos bem disposto que nos fazem sempre gargalhar que têm um coração de ouro. 5* xD

Há 1 ano e meio que não o vejo :( Mas tenatmos manter contacto. Beijinho **

Jo disse...

agora que me lembras... eu NAO DEI uma fita ao meu padrinho :| fdx

B! disse...

Leste-me os pensamentos! Eu ia precisamente fazer um post sobre a minha máquina de fazer pão xD Mas neste momento acho que estou demasiado mole para o fazer xD

beijinhos

Olhos Dourados disse...

Eu na universidade passei por um padrinho e 2 madrinhas. Não tive sorte!

Botas disse...

Vais ver que ele ainda vai chorar.=P

<3

Mi disse...

Olha, eu acabei o curso antes da minha madrinha xD E ainda tive tempo para mudar de curso e tudo lol.

Mas essa história da máquina de panquecas/waffles é muito bem pensada!
kiss

Anónimo disse...

Sempre grandes textos não é claudjinha?

ao menos aleatoriamente escolheste alguem qe gostasses nada mau. lol

Alex Page disse...

Gostei de ler isso :]

e olha... tbm quero uma maquina que faz tudo o que eu quero! :P

S* disse...

A tua dedicatória tem graça... gostei. :P

OMOPrjct disse...

Obrigado pela visita ;)
Bjoka!

PS: Agora me lembro que ainda me faltam escrever 3 fitas lol tenho que me despachar, antes que a malta comece a moer (com razão) lol

Kisses

Cherry disse...

Pensava que a saga das minhas fitas tinha acabado o ano passado, mas eis que mais gente se lembra de acabar o curso e ainda falta esta, e esta. É tão bom quando escrevem para nos e tao dificil escrever para tantos outros! Por isso, e especialmente por isso, parabens por uma fita tão bonita, tao pessoal; só assim é que elas fazem sentido!

ps. tb quero máquinas dessas, diz-me quando as arranjares.

beijinho!

B! disse...

Não estou a conseguir comentar os posts mais recentes :( É algo das definições ou é um erro?

beijinhos

' Claudjinha disse...

B! --> nada disso, fiz de propósito ;) aliás, eu escrevi isso no post sobre os diários, q não iam ter comentários.