24 de maio de 2010

' Detesto falsos pudismos e moralismos.

Já aqui tinha falado na questão da falsa sinceridade.

Hoje venho falar na falsa-noção-do-que-amizade-significa.

não, não vou colocar aqui a definição de amizade porque já estão fartinhos de saber o que é e têm mais que fazer da vida.

mas tenho que dizer que não concordo com muitos clichés que por ai são ditos (inclusivé e sobretudo na blogosfera), ideias-feitas, do género: "os amigos verdadeiros estão lá para todas as ocasiões. se, quando precisares de ajuda, um amigo não estiver disponível, não é verdadeiro, é de conveniência".

opa, desculpem se vos choco, mas não concordo com isso.



primeiramente há que definir "todas as ocasiões". uma coisa é um amigo meu ser roubado quando estava a caminho da minha casa e eu dizer-lhe "apanha um táxi que quando chegares eu daqui pago ao homem" (e isto aconteceu mesmo). outra coisa é uma amiga ligar-me e dizer-me "furei um pneu" e, se eu disser "agora estou a trabalhar, não posso, mas chama o apoio técnico, que era o que eu faria no teu lugar", ela ficar toda ofendida porque "eu não estava lá para a ajudar". o que é que ela quer que ela faça? que lhe vá mudar o pneu?

há pessoas que confundem "todas as ocasiões em que precisas de ajuda" com "todas as ocasiões que te sentes sozinho e precisas de alguém para foder o juízo". eu não vou deixar a minha vida para trás e deixar de fazer coisas importantes que tenho para fazer porque uma amiga minha partiu a unha do dedo mindinho do pé.

mas há pessoas que ficam ofendidas se não estamos lá 100% do tempo, "twenty-four-seven", para tooooodas as ocasiões em que precisam. começam logo a disparar que não têm amigos verdadeiros e que são umas coitinhas, coitadas, que ninguém lhes liga nem dá valor, que usam e abusam delas, e que "estão sempre lá" quando é preciso, e quando elas precisam os outros não estão lá. DISCURSO DE VÍTIMA.

as pessoas têm de entender que os amigos têm uma vida própria para além de si mesmo. e não ir a correr consolar a "amiga do coração" porque ela teve um dia de merda no trabalho não significa não ser amiga. significa que se calhar eu também tive um dia de merda em todos os aspectos, e eu estou primeiro. não vou esquecer dos meus próprios problemas para ir consolar a minha "amiga do coração" todos os dias que ela tiver um dia de merda.

sei que posso parecer egoísta a dizer isto, mas sim, eu venho primeiro. e se eu tenho a consciência de que não vou estar a ligar a meio-mundo para contar que hoje encontrei a amante do meu pseudo-namorado (que nem é meu namorado) e fiquei toda chorosa e ciumenta, porque compreendo que as pessoas têm os seus problemas e não as culpo de não estarem disponíveis para me ouvir, também não espero isso dos outros.

nem do Bruno eu espero isso. às vezes tenho dias de merda e não me apetece chateá-lo. porque não é o fim do mundo. porque se calhar estou só com a birra do sono, durmo uma sesta e fico mais bem-disposta. de que me vale fazer um escândalo de que é o fim do mundo, se depois fica ele aborrecido e fico eu aborrecida porque ele não veio a correr para os meus braços??

e, pior, são aquelas pessoas que batem sempre na mesma tecla. dizerem-me over and over que X e Y e faz e acontece e eu gosto tanto dele e ele é tão cabrão, e eu digo o que acho, digo a verdade, sou sincera e digo: "acho que devias deixar de vê-lo em vez de ires a correr para os braços dele com o rabinho entre as pernas sempre que ele te chama, depois de fazer merda da grossa". não importa que ela chore, não importa que ela grite, não importa que ela vá falar a todo o mundo que eu não sou amiga dela. eu disse-lhe a verdade, disse-lhe o que achava, enxaguei as lágrimas 10 vezes, não vou enxaguar a 11ª. ganha juízo e faz algo pela tua vida, porque ninguém mais o pode fazer por ti. eu disse-te uma verdade, não andei a rodear com paninhos quentes nem a dar-te razão quando não tens, "ai coitadinha, que tens razão, ele é mesmo um cabrão de merda, tu não mereces, tu não tens culpa nenhuma", e repetir o mesmo falso discurso sempre que ela me ligar a chorar.

não, essa conversa não pega comigo. amigos estão lá nas ocasiões certas, sim, mas nem todas, nem sequer têm essa OBRIGAÇÃO. a amizade não é nem deve ser uma obrigação. no final de contas, na vida inteira, por mais pessoas com quem te cruzes, só te vais ter a ti mesma, não é bom nem saudável criar DEPENDÊNCIAS, estar habituado a que à mínima dificuldade alguém largue tudo para vir consolar a menina/o por uma merdinha de nada. há ocasiões, e há ocasiões. cabe-nos a nós, também no papel de amigos, distinguir entre aquelas que vale a pena apoiar e aquelas que não. temos de aprender a estar sozinhos, a sermos independentes, e a lidar com os problemas de uma forma saudável e não dependente dos outros. amizade é um valor muito bonito, sim, concordo absolutamente, mas amizade não se pode tornar sinónimo de dependência, ao ponto de perdermos a independência, a individualidade e a capacidade de resolvermos os nossos problemas on our own.

resumindo e concluindo, essa cena do "ah os amigos têm de estar presentes para TODAS as ocasiões" a mim não encaixa. soa a discurso de pessoa egoísta que se esquece que esses mesmos amigos têm uma vida própria e problemas próprios e não podem estar sempre disponíveis e ter um bip consigo caso alguém o chame. isso, para mim, não passam de falsos moralismos.

-- // --

esta "inspiração" foi fruto de uma conversa pseudo-filosófica com a Vera, enquanto esperávamos pelo taxi depois da festa dele. já não dormíamos há 30 e tal horas seguidas. nota-se a revolta da falta de sono?? xD

25 comentários:

Botas disse...

Não podia estar mais de acordo com a menina.=)

<3

Jo disse...

claudia, existem pequenas diferenças daquele vestido para o teu:
- nao é um vestido de noiva
- é rosa choque
- tem um pingarelho horrendo na cintura

o que faz dele maquiavelico!

Ricardo disse...

Bem... eu acho que os conceitos destas gentes hoje em dia andam todos alterados de verem muita morangada e novelas da TVI (isso sim é maquiavélico xD)
Eu sou uma pessoa super reservada por isso não há o risco de fazer essa vitimização a não ser quando rebento e acho que tudo á minha volta é uma merda autentica... mas hey toodos temos o direito a um dia assim xD.
Acho girissimo porque milhões de vezes as pessoas não querem amigos que lhes digam a verdade, querem papagaios que repitam "sim tens razão pobre de ti" incessantemente. Já fui acusado de insensivel e de frio e assim porque não tenho paciencia pra passar a mão na cabeça de pessoas que gostam de marrar na parede até o cabelo se tingir da cor do tijolo... mas não tenciono mudar isso.

Depois deste post volto a frisar, bora casar blogosféricamente? xD.

E ouve esta musica
http://www.youtube.com/watch?v=zsHQgFwUgbg
Adoro mesmo *.*

Mi disse...

Concordo plenamente...
kiss

João disse...

Mais que "de acordo"! Acho que o amigo a sério é o que diz o que pensa sem tabus e dá a sua opinião sem se colocar no lado de ninguém. E eu pura e simplesmente adoro que me digam "Acho que fizeste mal", porque, ao contrário do que as pessoas pensam, só demonstra que os meus amigos quando estão lá para mim, é para fazer de mim uma melhor pessoa, e isso é-me reconfortante...

Beijinho! **

Anónimo disse...

Um concelho de amigo: mete os 'posts' mais pequenos que nunca consigo acabar de os ler se são grandes ..

eheh*

' Claudjinha disse...

Anónimo (Daniel) --> não, não vou escrever post's mais pequenos só para tu leres tudo.

ahah*

Anónimo disse...

Nesse caso, visto que o ultimato não funcionou, irei imediatamente cessar funções no meu cargo de leitor ( e possível comentador) do seu blogue.

Espero que entenda, senhora Claudjinha, que inevitavelmente a demissão era única hipótese ...

Cumprimentos cordeais,
Anónimo.

marie disse...

É isso mesmo!!!

Fernanda disse...

Olá 'Claudjinha,
também detesto falsos pudismos e moralismos, mas o mundo está cheio de gente assim, infelizmente :(

Beijinhos :)

hernameishistory disse...

assino por baixo, é tão verdadeiro este post' e estou tão de acordo como se o tivesses tirado da minha cabeça.Já fui assim sabes, eu ia ter com tal pessoa sempre q esta precisa-se\choraminga-se\pedisse\wtvr, muitas vezes adiava planos e compromissos meus pra "socorrer" o tal amigo(a), até que houve um dia deu-se o "Click"(fez-se luz hahah)e pensei "pera lá..e eu ?", e mudei completamente, perdi alguns "amigos" mas mantive-me fiel a mim própria ;)

Beijinho*

DC disse...

Amizade é haver compatibilidade de feitios entre duas pessoas...seja o q isso for...

Bjinhos*****

Sandro Canossa disse...

É por isto que nós funcionamos tão bem. Tu diz-me tudo o que achas de mim e eu digo-te tudo o que acho de ti, e no final andamos aos beijinhos e abraços e a rir da situação x) Mais verdadeiro que isto não podia haver.

Houve tempos em que tava-me a cagar para mim, andava mal, mas andava bem desde que as outras pessoas que me eram/sao proximas tivessem bem, eu tambem estava. Chegou o dia em que comecei a ser mais 'egoista' e a pensar mais em mim, para e pensar 'pera lá.. Então e eu? E isto que tu queres Sandro?', houve situaçoes más e pessoas que nao gostaram muito dessa 'mudança' do dia para a noite. Epah, passar a ser ambicioso é mau? :O (E aqui agradeço à verinha a palavras dela no domingo, amiga de ouro)Digo de pulmoes cheio que muitas vezes me inspiro na claudia, não imito, inspiro-me, nao gosto de imitar, e isso irrita-me. Tenho um blog parecido ao dela? Ja pensei nisso e correr o risco de me virem dizer "ah imitas-te a claudia", epah não, inspirei-me. E daí? Claudia sentes-te mal com isso? Aposto que até dizes que não e que dizes que não ha problema. Fica dificil, como já lhe tinha dito, não ser contagiado por ela, influenciado de forma positiva por ela mas sem deixar de sermos nós mesmos. E a festa dela pode ser considerada uma prova deste post, (acho que devias ter feito uma ligaçao para esse post xD) Ela às vezes conhece-me tão bem que até me espanta. Lembraste do dia em que conheceste o Nuno? e perguntas-te na cama? 'Que achas-te do nuno?' e eu respondi 'é simpatico' e atiras-te logo 'pronto já gostas dele'. Epah sei lá, acho que nós fugimos por completo a esse estereotipo/rotulo (o que lhe quiserem chamar) ridiculo. Hoje digo que tenho AMIGOS (para todas ou nenhuma ocasiões) e tu fazes parte deles ;)

Adoro-tee MAH ahahaha xP *****@@@

' Claudjinha disse...

Sandro --> o teu blog não tem nada a ver c o meu, só o começares os posts com " ' ", mas é na boa =P sinto-me lisongeada quando dizes que te inspiras em mim!!!! adoro-te

Sandro Canossa disse...

Amor, eu também não disse que tinha x) Mas se vires bem pode haver gente que o pense ;) @@

' Claudjinha disse...

Sandro --> o que as "gentes" pensam não interessa muito, tu próprio o frisaste no teu comentário maior ;)

Sandro Canossa disse...

Mas lá está, estou-me a cagar para isso, estava só a dize-lo ! É verdade esqueci-me de salientar o mais importa da ementa da tua casa em festas !! OS IOGURTES, OS IOGURTES!! XDDD que so eu neste fds comi uns 6 ou 8 xD

' Claudjinha disse...

Ps. como vês (e esqueci-me de referir no posting), perdeste amigos ou houve amigos que não gostaram da situação de tu deixares de pensar tanto neles e começares a pensar mais em ti. a isso sim eu digo que não são amigos verdadeiros. estavam habituados a que tu estivesses mal para eles estarem bem, e de repente perceberam que tu começaste a pensar mais em ti, e consequentemente menos neles, o que lhes provocou azia. lol. eu digo-te com todas as letras que te considero como um amigo verdadeiro, um amigo para a vida, no entanto não te culpo nem fico chateada se um dia eu quiser desabafar contigo mas não tiveres disponibilidade por qualquer razão ;)

' Claudjinha disse...

LOOL, os iogurtes... são tão bons!!!! quando não há comida em casa eu alimento-me de iogurtes! iogurtes com cereais, iogurtes com pão, iogurtes com chocolate em pó... o frigorífico pode estar vazio, mas tem sempre de haver IOGURTES!

Sandro Canossa disse...

LOOL e tu querias que comesse iogurtes com cereais às 3 qase 4 da manha xDD !!

Respondendo ao teu post anterior: não me sinto mal com isso sabes? Ao menos sinto que ganhei melhores amigos com essa mudança !

Sandro Canossa disse...

Querida, o desafio 20 dias 20 musicas foste tu que inventaste ou viste algures?

' Claudjinha disse...

exactamente, com essa mudança ves que os amigos que ficaram são os que valem a pena. lol.
qual é o problema de comer iogurte com cereais à 4 da manhã? isso é o meu dia-a-dia xD

' Claudjinha disse...

vi em vários blogs e achei piada.

Sandro Canossa disse...

Não, isso é o tua 'noite-a-noite' xDD LOOL

Olhos Dourados disse...

Se calhar essa frase modelo devia ser alterada para: os amigos estão lá para as ocasiões que são necessárias.