8 de fevereiro de 2011

' Decisões II

Hoje acordei com energia, há muito tempo que não acordava com tanta vontade de sair da cama e viver a vida, mas sobretudo conquistá-la, sei que sou capaz e tenho vontade disso. Ontem à noite chorei até adormecer, mas foi a última vez. Ninguém merece as minhas lágrimas, por muito amor, confiança, respeito e consideração que eu tenha por essa pessoa.

Hoje senti-me particularmente confiante. Senti-me mais alta, mais magra, mais sexy, mais gira. Trabalhei um pouco de manhã, fiquei nas mesas da frente em todas as aulas, estou determinada a estar com atenção, acompanhar tudo desde o início e ter boas notas.

Precisava de conduzir, é uma das coisas que me liberta para além de escrever, e hoje a minha mãe deixou-me ir a conduzir até à faculdade, e disse-me "se gostares de Holanda enquanto estiveres em Erasmus, eu mudo-me para lá e ficamos lá a viver", soube-me bem ouvir isso, estou farta de Portugal, sinto que o meu futuro está lá fora. Mesmo que volte para Portugal depois disso, um dia hei-de sair for good.

Decidi que não quero mais ficar chateada e preocupada com ele, ele que faça o que quiser da vida, as escolhas são dele. Hoje tinha muitas saudades dele, ele foi a minha casa, enquanto fazíamos as pazes só pensava, Não quero abdicar destes momentos, se tenho coisas tão boas com ele porque hei-de estar a preocupar-me com um futuro que não é meu, só me faz ficar com rugas e eu devo morrer cedo. Se ele quiser faz, senão não faz, estou farta de ser mãe do meu namorado, vou começar a pensar mais no meu futuro e não num "nosso" que nem sequer sei se existe. Gosto muito dele, mas primeiro venho eu, e porra, não vou deixar que um GAJO estrague a boa auto-estima que sempre tive. Este namoro é fantástico e tenho coisas que nunca tive, por isso, por agora, vou aproveitar, se no futuro dá ou não dá, logo se vê, "deixemos para amanhã o que ao dia de amanhã pertence", já dizia o meu génio José Saramago.

Para a semana, no máximo, vou inscrever-me na natação, estou decidida a mudar o meu estilo de vida sedentária.

Estou decidida a mudar esta merda toda, sem que nada me impeça, e muito menos, a atitude de alguém que não vê nem quer ver que só se está a prejudicar a si mesmo.

E hoje, porque precisava de me distrair, tenho cá as pessoas que sempre me apoiaram em tudo e tenho a certeza que sempre o irão fazer. Um gigante Obrigada a todos eles.

Muaah @

3 comentários:

→ Calipso disse...

Fico contente :D

DC disse...

O que aconteceu foi, basicamente, um decidir da tua parte em ignorar uma faceta que não gostas dele. Por um lado é mau, porque o problema continua lá e virá à superfície de novo... por outro é bom, pq já te sentes mais leve.

Também é bom tentares mudar certos aspectos da tua vida. Possivelmente são escapatórias para te abstraíres de coisas que gostes menos da tua vida, mas também mostram atitude e força de vontade.

Kiss Kiss **

Anónimo disse...

Woow
e eu nem te vejo na faculdade sequer o.0