6 de abril de 2011

' ... e no seguimento do post anterior:

não sei se isto acontece com todos os bloggers, ou com a grande maioria, mas comigo acontece: como, no meu caso, o blog não é anónimo (tenho o meu nome e foto de perfil verdadeiros), muitas vezes, enquanto escrevo, estou a pensar, "in the back of my mind" quem é que eu conheço que sei que lê o blog e que "vai ler isto".

não é algo muito consciente, ou seja, eu não estou a pensar "vou escrever X e Y porque fulano Z e W lê isto", mas há sempre aquele conjuntinho de pessoas que eu conheço pessoalmente, e das quais sou ou fui até (muito) próxima (algumas), que estão sempre na minha cabeça enquanto escrevo, sei que elas vão ler, e chego até a pensar "o que vão achar disto".

porque, por mais incrível que pareça - e parece-me mesmo incrível! - preocupo-me mais com o que as pessoas que me conhecem vão pensar, do que as que não me conhecem de lado nenhum. não que me preocupe com a opinião delas ou que mude a minha opinião ou que deixe de escrever algo que queria escrever, mas tenho sempre, sempre, sempre essa noção. e esse conjuntinho de pessoas, que ao início era pequenino, vai sempre aumentando, porque pelo menos uma vez de 3 em 3 meses conheço um/a amigo/a de um amigo de uma amiga de um amigo de um amigo que me diz "ah! eu leio o teu blog" xD [o mundo é muitooo pequeno!]. neste preciso momento ocorre-me até um conjunto relativamente alargado de pessoas que eu conheço e que sei que lêem este blog. agora que penso nisso, é assustador!

ainda no outro dia estava a falar com uma amiga minha que costuma ler o blogue, e disse-lhe precisamente isto: "pois, eu sei que tu lês o meu blog", depois dela ter dito qualquer coisa em relação a isso.

chega a ser estranho, inclusivamente quando as pessoas que eu conheço mas que não falo - de longe - todos os dias, me falam, quando nos encontramos ocasionalmente, dos últimos acontecimentos da minha vida (os que eu publiquei, claro, também não publico todos) sem eu ainda ter falado nisso :D

lol. não que eu me importe, claro, sou pessoa de me importar ou chatear com poucas coisas.

enfim. ossos de ofício de ter um blog público, e não anónimo. até já pensei em torná-lo anónimo, mas 4 anos de blog é muita fruta. e ainda não aconteceu nada assim de tão grave que me levasse a abandonar este e a começar do zero, de forma anónima.

e, já agora, que eu também ajudo pouco à festa, para além de poderem seguir o blogue pelo twitter e facebook, também podem seguir por email. algures na barra lateral, há-de estar uma dessas coisas, "follow me by email", no meio das mariquices todas que eu um dia lembrei-me de pôr no blog e que não tenho tido paciência para tirar =P

4 comentários:

. Sofia . disse...

A mim acontece-me o mesmo.
Praticamente todos os meus amigos conhecem o blog e eu, às vezes, escrevo lá coisas antes de lhes contar e quando vou contar... Pimbas!... já eles leram.
Mas pronto, não é por isso que deixo de escrever. :)

Sónia disse...

Sou eu "a amiga"? Ahah!

Depois de muito tempo de anonimato, cá estou eu a comentar pela primeira vez (acho!) :)

→ Calipso disse...

eu tb me preocupe com o qe o pipz vai pensar do qe eu escrevi.. eles sabem como eu sou mas ha coisas qe eu escreo no blog qe sao mais pessoais e depois fica smp aqela coisinha do "qe é qe eles vao pensar?"

' Claudjinha disse...

Sónia -> sim! LOL =P