8 de abril de 2009

' Conversas sobre Sexo II

Eu adoro flirtar. Adoro curtir. Adoro seduzir e provocar, e adoro que me provoquem, adoro ceder a provocações. Adoro isto. Adoro 'brincar' sem fazê-lo, acho que se chama pitting. Adoro amizades coloridas pelo teor físico que elas têem.



Sim, sou um ser humano como outro qualquer com necessidades físicas e sexuais como outro qualquer. sou um Ser Humano sexual. é instintivo, faz parte da natureza, deus deu-nos esta rara capacidade que (quase) mais nenhum mamífero tem de obter prazer durante o acto de reprodução e não foi por acaso ! e vou deixar de ter vergonha de dizer que sim, preciso de sexo, como toda a gente precisa ! que penso bastante nisso, como toda a gente pensa! que o faço (quando tenho alguém,lol), como toda a gente faz! que fantasio imenso, como toda a gente fantasia! que sim, às vezes sinto-me mesmo sozinha e carente, só apetece ter alguém para agarrar ! às vezes nem é pelo sexo em si, mas só pelo beijo, pelo toque... pelo jogo de sedução! Eu admito e assumo, que adoro sedução&sexo! adoro pensar, adoro falar sobre, adoro ler sobre, adoro fazer! E foi por isso que resolvi fazer alguns posts sobre o assunto aqui no blog.


O sexo é uma acto e assunto demasiado bonito pra ser tabu. Não estou a falar de sexo perverso nem pornográfico, mas sim o real e o bonito... seja feito com amor ou apenas casual, cuja única finalidade seja obtenção de prazer mútuo e diversão. Gosto que ultimamente as pessoas já falem sobre isso mais abertamente, apesar de... ainda ficarem sempre de pé atrás ! E gosto de séries como O Sexo e a Cidade, onde se fala disso como a água que se bebe :P



Confesso que desde que descobri o prazer sexual que fiquei 'viciada'. não sou ninfomaníaca, mas o prazer sexual é um dos melhores prazeres que podemos retirar do nosso corpo. Mas durante um ano e tal que namorei só falava disto com 1 ou 2 pessoas, e escrever sobre isso no blog era impensável. era 'louca' apenas com (o ex) ele e dentro de 4 paredes, coisas que nunca passavam cá pra fora. mas agora é diferente. desde que acabei com ele, que mudei, mudei muito mesmo. uma das minhas mudanças foi ficar muito mais livre. permitir-me a muito mais do que permitia. sinto-me muito mais sexy e sedutora, e sinto que consigo tudo o que quero com quem quero... se quiser mesmo. será que isto é ser convencida? eu não acho... simplesmente adoptei uma forma de olhar para as coisas diferente. e melhor. falo com imensa gente sobre tudo isso. exponho as minhas dúvidas mais íntimas e não tenho segredos pra ninguém. do que faço, do que fiz, do que gostaria de fazer.



nunca fui propriamente conservadora, isto no sentido de que gosto de experimentar coisas novas, ultrapassar os limites, testar-me a mim mesma, dar-me liberdade a mim mesma! Não quero passar a ideia que sou uma p***. Que sou uma slut. Nada disso. Não ando com todos, não me meto na cama com todos, nem por sombras... simplesmente estou numa fase em que quero descobrir mais do que aquilo que já descobri até agora, quero descobrir os outros e quero descobrir-me a mim mesma. e quero continuar a falar disto tão naturalmente quanto respiro. acho que sou apenas flirty, gosto de brincar com o assunto, gosto de brincar com eles, gosto de me pôr a mim própria à prova, a ver o que consigo de quem quero :P



Quanto à minha relação sexual comigo mesma (sim, porque todos nós temos uma relação sexual connosco mesmos), há um exercício que gosto de fazer. É chegar a um estado de total harmonia comigo mesma. O corpo feminino é um templo de beleza imenso, tenha que forma tiver, e, às vezes antes de tomar banho, olho-me completamente nua para o meu corpo no espelho de corpo inteiro e fico a observar-me imenso tempo... é um exercício óptimo: aprendermo-nos a aceitar como somos. acho (tenho a certeza) que é esse o primeiro passo para ser sexy! com todas as banhas, todas as imperfeições, os sinais, tudo... é tudo perfeito se o olharmos de forma perfeita. e quando conseguimos finalmente olhar de forma perfeita, quando nos conseguimos achar perfeitas à nossa maneira, é quando chegamos àquele estádio de harmonia total, é como se tivessemos um orgasmo psicológico. e é o começo para se ser sexy, pra saber gostar de nós próprias e sobretudo, para fazer os outros gostar de nós! não me acho bonita por aí além, apenas gira (sim, confesso, acho-me gira), nem tenho corpo de top-model, mas considero-me sedutora (quando quero) porque me aceito como sou! E ser sensual é das melhores capacidades que uma mulher pode ter. Saber transpirar sexo é uma das armas que ela melhor pode aproveitar.


Oh, sim, o sexo é bom. o sexo é delicioso. o sexo é lindo. e sexo não é só a prática que se faz. sexo é a total harmonia com o nosso corpo, a total harmonia com o próprio assunto. é a linguagem da alma transposta para o corpo. é arte, pois é uma forma de expressão humana. já dizia a Marylin Monroe: 'o sexo é natural. eu acompanho a natureza.' (li algures num livro na Fnac, nem tenho a certeza se a frase era mesmo assim lol). portanto.. aproveitem enquanto podem!


:)


Muaah @

*16 DIAS*

Ps. post inspirado (aliás, comecei a escrever no blog sobre sexo porque ultimamente ando a ler este livro): 'Eleven Minutes', Paulo Coelho. Highly Recomended para quem não é puritano (lol, private joke); e, para quem não percebe nada de inglês, sempre há a versão 'Onze Minutos',lol.

Ps2 - gosto do blog dela. ela fala muito sobre isto, e fala de uma maneira aberta, eu gosto disso, sou tua fã! ;)

13 comentários:

Maria disse...

E acho que a melhor postura é mesmo essa.. Estar "aberta" a tudo. Sem rodeios, e sem preconceitos..

Beijinhoo.

Sydney disse...

O livro anda a dar-te msm volta à cabeça minha linda lol.. bjs**

Menina disse...

Gosto da forma como escreves sobre este assunto..às vezes gostaria de ser como tu e conseguir olhar ao espelho e aceitar-me exactamente como sou..para já está difícil..

Já li esse livro =P E gostei!

beijocas*

Olhos Dourados disse...

Também que acho que não deve ser tabu.

Marta ツ disse...

Gostei! :)
Eu também já li o livro à mesmo muito tempo.
Sexo para mim é lindo! :)

beijinhos*

Joaninha disse...

É isso! Atitude!

Margarida disse...

Nada mais natural que sexo e é bom que a atitude seja essa (:
eu mantenho entre as quatro paredes com o meu namorado... mas é público que é mau ser púdico (suposta rima) :P


va, Paulo Coelho não me inspira muito, mas tve uma boa influencia em ti (;

vou 'seguir'te' !
^^

ANDARILHO disse...

Gostei muito do post e da forma como trataste o tema.

:)

Shakti disse...

Passei por aqui para te desejar ...

___***
__** **
_** **
_** **_________****
_** **_______**___****
_** **_______*___**____**
__** *______*__**__***__**
___** *____*__**_____**__*
____** **__**_**________**
____**___**___**
___*___________*
__*_____________*
_*____0_____0____*
_*___/___@___\___*
_*___\__/_\__/___*
___*_____W_____*
_____**_____**
_______*****

Feliz Páscoa!!!!

Sofia disse...

uiiiiiiiiiiiiiii... amiga: soltaste a franga... é tão bom não é???????
Falar é bom... fazer é ainda melhor ;)

Continua assim... Estragaste-me com o mimo... fiquei com um ego GIGANTE.
Eu também sou tua fã.

Beijos bons

B! disse...

Grandes mudanças por aqui! Sim senhora, estou a gostar! O teu blog já era um blog muito aberto, mas agora é ainda mais!

Muito bem ;) Não há ter vergonhas de algo tão natural!

Anónimo disse...

O titulo do livro é mesmo onze minutos ja que o autor e brasileiro e escreve portugues.espero que nao estejas a ler o livro em ingles isto seria como um desperdicio enorme.jA QUE DEVEMOS APROVEITAR LER TODA A LIETERATURA QUE PODEMOS NA SUA LINGUA ORIGUNAL, O CONTRARIO SERIA UM DESPERDICIO.

DC disse...

ADORO os teus posts sobre sexo, falas de uma maneira simples e sem preconceitos, és tal e qual como eu!

Beijinhos ***