15 de janeiro de 2010

' And All That Jazz XIV / Baileys, Sex and Cigarettes II

Esta semana, foi o caos organizado. Felizmente que o fim-de-semana passad com o meu menino chegou para me curar o suficiente (ainda que não a 100%), e ter energias para:
estudar muito (mesmo muito, ando feita uma marrona), fazer duas frequências, uma que correu bem e outra mais ou menos, dar explicações de Psicologia Social ao Daniel, visitar a minha avó que já não ía lá desde 2009, dança e 6 aulas de condução, arranjar tempo de qualidade para estar com o menino durante a semana, que sabe sempre bem. felizmente que não me chamaram para fazer baby-sitting, que não tinha tempo. se bem que já tava a precisar de uns trocos. (estes fins-de-semana e ir ter com o menino, que mora no fim do mundo, torna-se dispendioso). e também já tou com saudades do puto Gui ^^ no outro dia vi um livrinho mesmo giro e pensei em comprar para lhe dar, só que dizia 'não apropriado para crianças menores de 3 anos' e ele tem 14 meses.

entretanto, soube que tive uma nota péssima para uma frequência para a qual tinha estudado bastante (11). passei, mas a nota foi péssima. dessa mesma cadeira, vieram duas notícias: 18 numa apresentação e 8 num relatório (que eu não percebi, dado o meu relatório estar óptimo). devo dizer que, com este 8, tive à beira de lágrimas. porque eu achava mesmo que o meu relatório estava óptimo... eu não fiz plágio, eu não fiz um único copy-paste, nem sequer utilizei net, baseei-me no livro e nos artigos e eu própria fiz os textos, identifiquei os autores das citações, tudo direitinho... passei o meu relatório a umas 3 ou 4 pessoas, que se basearam no meu e tiveram todos melhor nota... juro: senti que foi uma injustiça tão grande que as lágrimas me vieram aos olhos. está a apetecer-me tanto chorar e tenho 'prendido', eu sei que é estúpido chorar por uma simples nota de um simples relatório, mas uma das coisas que me deixa mais em baixo é a desilusão comigo mesma. acho que não vou aguentar mais, que vou chegar ao quarto e começar a chorar à frente do Bruno. e eu não queria nada disso. ele nota que tou triste, é um querido, dá-me miminhos e beijinhos e diz "mas não fiques assim, o importante é que passaste, mesmo com 12! vês, olha tanta gente reprovada!!", mas eu não quero saber dos outros, não são as notas dos outros que vão fazer a minha média e eu não estudei imenso para as notas dos outros.

como tinha estudado para essa frequência e tive nota de merda, para a outra seguinte não estudei quase nada e não correu assim muito bem (tipo efeito bola-de-neve). no entanto, a outra disciplina tive 12. mas achei óptimo porque achei que nem ia passar. por isso tudo bem. mas pronto. basicamente, ando a esforçar-me e a estudar imenso para ter notas de merda. isso e entre outras coisas que foram acontecendo - como ter uma discussão gigante e, literalmente, do c*r*lho com a minha mãe - deitaram-me abaixo. fui-me abaixo mas voltei para cima (depois faço um posting sobre isso). tenho esta capacidade fantástica de me auto-animar mesmo quando as coisas estão mal. mas epa, a cena das notas abalou-me. estudei imenso, estou super dedicada neste curso porque finalmente é aquele que eu quero e aquele que eu adoro, e é isto? as mesmas notas que tirava o ano passado quando estava num curso para o qual me estava a marimbar?

a Nena ficou cá nos dias da dança e nos dias seguintes saíamos as duas de casa às 7h30 da manhã. a dança acaba tardíssimo, chegávamos a casa tardíssimo, tomar banho, jantar e ficar a conversar, deitámo-nos a umas lindas horas e acordávamos às 6h30 nos dias seguintes, ela para ir trabalhar e eu para estudar (mal e porcamente, visto que tinha tido péssima nota no primeiro) para um exame das 9, ainda de noite e com os vidros embaciados da diferença de temperaturas. tanto frio fora da cama, que era inimaginável. epa, dói! (a Nena finalmente percebeu que, aquela história dos pontos no blog dela, não vale de nada, uma boa sessão de USA (Urban Striptease Aerobics) e sessões sexo escaldante assim umas 2 vezes por semana mais fim-de-semana, vale por tudo, apesar dela ter ficado cheia de dores corporais no dia seguinte, que aquilo é violento quando é preciso. eu bem digo, é uma questão de hábito. depois de algum tempo, já quase nem transpiro nem me fica a doer nada. já está calejado! lol).

tudo isto. parece pouco? posso dizer que não houve um único dia que eu pudesse ter ficado em casa, no quentinho dos meus dois edredons e lençóis térmicos, a ouvir a chuva e o vento lá fora. nem sequer houve um diazinho que eu dormisse uma sesta. (mentira. dormi duas horas à tarde na 6ª feira com ele). mas estou podre. estou podre. estou tão, mas tão, mas tão... exausta. não só fisicamente. sobretudo, psicologicamente.

mas, descansar, recuperar? claro que não. parar é morrer. se ficasse aí parada a chorar pelos cantos é que me suicidava de vez (brincadeirinha) tem de haver sempre energia. como a Elite disse num comentário "tipo pilhas duracell. e dura, dura, dura...". e eu sou, realmente, pilhas duracell. chego a casa exausta mas ainda me lembro de ir escrever 30 postings longuíssimos no blog, que guardo para publicar mais tarde. e no dia seguinte, acordo cheia de energia, ponho a VH1 logo de manhãzinha que dá o "Aerobics" que tem umas músicas mesmo boas para acordar. e logo de manhã começo a tagalerar. "eu acordo com bué energia, não acordo?".

teve início esta tarde mais um fim-de-semana com aqueles 2 da vida airada (eu, a N., o B., porque a minha mãe armou-se em parva e não deixa o P. vir cá dormir, só almoçar e estar). agora andamos sempre nisto. fins-de-semana para cá e para lá a comer comida de plástico. eu adoro ter amigos em casa. queria que desta vez também viesse o Sandro (meu amigo do coração, um dos melhores). mas ele diz que não pode. cortes. desta vez resolvemos ir sair (só ainda não decidimos se vamos sair hoje ou Sábado), em vez de ficar o fim-de-semana todo a aparvalhar em casa e a fazer um jogo de álcool com um copinho de shots que eu tenho que apita e faz luzinhas, e a jogar UNO, e a ver as dezenas de episódios do "Friends" e outras sitcoms que eu tenho gravados na Zon porque esta semana não tive tempo para ver nada de televisão. . mas no fundo só queremos todos ir deitar-nos com os nossos respectivos e.......... (o resto fica à imaginação). isto já parece um filme do American Pie. ainda bem que a minha mãe vai trabalhar nos fins-de-semana à noite e que do quarto dela para o meu não se ouve nada.

para a semana, vai ser igual, igualzinho, excepto as frequências (que já acabaram), o estudo, e a desilusão de saber que tive péssimas, medíocres notas, depois de me ter esforçado tanto. (e o sentir-me extremamente burra e estúpida e com falta de capacidades mentais).



entretanto, para me animar: a estreia do filme Sexo e a Cidade 2 está marcada para 3 de Junho de 2010... e definitivamente marcada na minha agenda a VERMELHO E EM LETRAS GARRAFAIS, seguido de um "obrigatório ir ver".



estou tão orgulhosa por ter um closet igualzinho ao da Carrie, mas não com roupas nem sapatos tão fantásticos.

(entretanto, ando à procura do tema do genérico do Sexo e a Cidade, só que não encontro em lado nenhum :( gajas adoradoras desta belíssima série, ajudem-me, ya? vamos juntar esforços para ser como aquela música do Equador que eu adoro e não encontrava e que depois encontrei - Sleepless Heart. lol)

Muaah @



4 comentários:

Anónimo disse...

eu penso qe a merd* das notas é um tudo nada universal, mas no teu caso foi azar sobre azar.

mas apesar disso vou citar uma frase qe retive ao ler o teu post

'tenho esta capacidade fantástica de me auto-animar mesmo quando as coisas estão mal'

Melhores sortes virão = D

ps- neste caso é azar nas frequencias/trabalhos e sorte no 'amor' , parece-me o.0

Anónimo disse...

PS2- Eu tive exactamente o mesmo esforço/improvisação no meu ulimo comment como no relatório de Social ( só para te chatear um pouco eheh )


= D


va rapariga vais descançar qe amanha acordas com um enorme sorriso nos lábios +.+

Branquinha disse...

Eu tb ando com medo das minhas notas... mas o pior exame ainda não está feito :(

Alex Page disse...

Isso passa tudo ;) O mais tardar quando estiveres super feliz no cinema a ver essas quatro magnificas mulheres COMIGO!!! vais ter que me levar contigo ao cinema :D
ao quanta a musica... vai ao google e procura "Sex and the city theme"... aparesse lá