8 de fevereiro de 2010

' Coisas chatas e desinteressantes, lol.

Hoje venho falar de algo que não costumo falar assim tanto por aqui: faculdade, aulas, notas, cadeiras e sofás.

As notas do 1º semestre:

Psicofisiologia&Genética
- foi aquela coisa que tive 15 numa parte do trabalho de grupo, e 16 noutra (o que dava uma média de 16); para a frequência da 1ª época, estudei mas não percebi nada, nos dias que se antecederam nem revi nem tentei perceber. não correu mal, nem correu bem. não aqueceu nem arrefeceu. tive 10 na frequência, com o 16 do trabalho fiquei com 12. não é bom, mas para o que eu estava à espera - de não passar - até nem foi mau. por isso, deixei-me ficar quietinha e não mexer mais na coisa, nem fui a melhoria. fiquei com 12 e fim da história.

Psicologia Social - fartei-me de marrar (andava feita marrona). cheguei lá, a frequência era constituída por 30 simples perguntas de escolha múltipla, algumas tão fáceis e automáticas que até metia raiva. estava cheio de rasteiras, no entanto, fiz aquilo com a maior das facilidades e só me lembro de pensar "não precisava de ter estudado metade do que estudei" (lol)... acertei 19, errei 11, e essas 11 erradas descontaram-me metade da porra do teste (porque era a descontar). lição a assimilar: se não tens a certeza, Cláudia, não respondas. não faças totoloto. tive uma merda de um 11. quanto ao trabalho da avaliação contínua tive 18 (sim, 18!!!!!) no debate sobre o altruísmo e 8 num relatório. o que me caiu muito, mas mesmo muito mal. porque achava que o meu relatório estava óptimo. no fim de tudo, fiquei com um mísero 12. já estava psicologicamente tão cansada que não mexi mais na coisa. fiquei com 12 e ponto final.

Métodos e Áreas da Aplicação da Psicologia - 16 no trabalho e 12 na frequência. tudo isso dava 14, por isso fui a melhoria. achava eu que não tinha nada a perder, mas perdi 8 euros e uma noite mal dormida, porque fiquei exactamente com a mesma nota - 14.

entretanto só tive 3 cadeiras porque tive 2 equivalências do meu antigo curso, nas quais fiquei com 14 às duas. o que faz uma média de 13,2. tão fraquinha. só de pensar que 14 era a minha nota mais baixa (naturalmente a Ed. Física) no secundário (tempo que já lá vai há 2 anitos), onde ficou a minha inteligência, pelo caminho? e eis a história da Cláudia: brilhante aluna com média de 17 que desce para média de 13.

resumindo e concluindo: foi uma caralhada de todo o tamanho, este semestre, apesar de não ter deixado nenhuma cadeira para trás, passei a todas mediocremente, se é que esta palavra existe. peço desculpa pela linguagem, mas é assim que me sinto: burra, com falta de capacidades mentais e frustrada, visto que o meu esforço e estudo todos foi tudo em vão. e eu a pensar que, na minha inocência de 2º ano de faculdade, quando mudasse para um curso que eu realmente gosto, os meus resultados iam ser melhores. tretas. notas como estas tinha eu no meu antigo curso e não me esforçava nem metade e estava literalmente a marimbar-me para aquilo, só ia para as aulas passear e conviver.

tive notas de merda! nem um 15zinho... o que não se justifica, tendo uma média de 5 aulas por semana (muito tempo livre), tendo ido a todas (não faltei a nenhuma aula indispensável), ter começado a estudar antes do natal, e só ter 3 cadeiras (visto que tive 2 equivalências). não tenho desculpas! fui burra e pronto. foi para esquecer.

este semestre, a coisa já muda de figura. confesso que tenho cadeiras mais interessantes (como Psicologia do Desenvolvimento da Criança e do Adolescente, e Atitudes e Mudança de Atitudes), outras mesmo chatas (tipo Métodos de Investigação e Percepção, Atenção e Memória) e uma que eu prevejo que me vá dar valentes dores de cabeça (Estatística e Análise de Dados I). este semestre, não há 3 cadeiras para ninguém, há 5 sofás. não há cá semanas com 3 dias de aulas. são todos os dias, três dos quais a entrar às 8h e a sair às 14h30, um horário de merda cheio de buracos no meio (tipo um buraco das 9h30 às 13h. é mesmo para dizer WTF, quem fez estes horários). mas apesar disso tudo, este semestre já meti na cabeça que vou fazer as coisas de maneira diferente. eu sei que toda a gente diz sempre isto, mas eu vou mesmo cumprir: ir a todas as aulas, estar atenta às aulas e não na conversa, ler todos os textos das bibliografias obrigatórias e recomendadas (ok, talvez não leia as recomendadas), estudar durante a semana e durante o semestre, e não só 3 semanas antes dos exames e ficar sempre à frente nas aulas de Estatística. não pode ser assim tão difícil, eu adoro o curso que estou a tirar (Psicologia).

só de dizer "estatística", dói-me. e eu que já me estava a habituar à boa vida... lol. (mas continuo convencida que não há vida melhor que a de estudante! eheh).

Muaah @

7 comentários:

Anónimo disse...

Xiça, estudas 3 semanas antes das frequencias =0 , qem me dera ter essa força de vontade LOL

mas vais ver qe te vai correr melhor agora =)

e ja agr tems de partilhar ai umas fotocopias visto qe nao sei arranjar acesso a tanta bibliografia =P

Menina disse...

Agora imagina isso com 8 cadeiras de uma dificuldade estúpida, aulas todos os dias de manhã e até tarde e testes semanais lol fora os trabalhos, relatórios, etc..

enfim..

beijinhos*

ADEK disse...

Bem bom:D*

Shakti disse...

Olha, pelo menos estão feitas...escusas de pensar mais nelas...aplicas.te agora mais e consegues subir essa média no instante !

bj

B! disse...

Nem quero imaginar o que será para o ano comigo! Só ouço os meus amigos todos a refilarem com os exames e toneladas de livros e matéria...

Boa sorte para isso!

beijinhos

S'Lia disse...

pois .. sei como é estudar mtoo, e dps ter uma nota de merda =/

Tbm prometi a mim mesma que este ano seria diferente..vams ver ;)

Estastica? Eu tive bioestastica no 2º semestre do 1º ano..dve ser quase ou até a msma coisaa..um conselho? fazer mtos exercicios, repetir varias vezes..acredita..acaba por ser tdo mais facil e n dá nenhuma dor de cabeça :)


bjinho* e bom semestre ;)

disse...

Bem, posso desde já dizer q terminei a licenciatura com 12 (terminei o secundário com 15)...fraquito, mas não é tudo o q importa. Estudar começava 3 dias antes e ás vezes nas vésperas. Fiz quase tudo por exame e aulas?? quase nunca lá punha os pés. O que faz de ti uma moçoila bem aplicadinha na escola e de mim uma desleixada.
Mas no mercado dde trabalho, não é só a media de curso conta. E se é para tirares boas notas que seja pela tua auto-estima acima de tudo.
bejinho