6 de outubro de 2010

Há pessoas que tenho, desesperadamente, de tirar da minha vida.

Pessoas que são como ervas daninhas, teias de aranha, buracos negros. apanham-nos lá, absorvem-nos e acabam por nos matar a alma. A única coisa que fazem é envenenar, envenenar, envenenar, nunca nada está bem, nunca ninguém é normal, são as donas da razão, e da forma como envenenam tudo e todos os que as rodeiam,  posso imaginar que envenenem os outros contra mim. Imaginar não - ter mesmo provas concretas de que isso acontece.

O meu problema é ser permissiva. Sempre o ter sido desde que conheci as pessoas em questão. Vou deixando, deixando, ouvindo e calando, sim está bem, sim tens razão, atitude condescendente, cair sempre na peta de quando estão simpáticas - por algum interesse, claro. O meu erro é dar demasiadas oportunidades - se calhar ela vai melhorar um dia, ela até é suportável de vez em quando - é dar demasiada confiança.

Tenho muita coisa acumulada. Quando explodir, vai ser para acabar e para nunca mais querer ver essas pessoas nem pintadas de verde.

Tenho de fazer umas mudanças nas minhas "amizades"... o meu mal é temer as consequências que essas mudanças vão ter, mas continuar assim só me faz MAL.

Muaah @

9 comentários:

Janete Magalhães Monteiro disse...

a sério? que bom *.*
é bom saber que há gente com gostos parecidos.
obrigada princesa
vou seguir*.*
e gostei do texto.
beijinho

Morce disse...

Tive um amigo assim, ou mais que um para ser sincera. Felizmente chateei.me com eles todos ao mesmo tempo, e consegui tirá-los da minha vida. O que me chateia é que mesmo assim tenho de levar com as teorias deles, com as pancas deles, com a merda que sai a torto e a direito daquela boca, graças ao mundo dos blogs!
E infelizmente, já não posso fazer nada para parar isso.
Pessoas dessas, contaminam a nossa sociedade.
Afasta-te, para teu bem!

S* disse...

Tens mesmo de ser mais selectiva nas amizades...

Alex Page disse...

Tambem já tive que fazer isso. Odeio "apagar" amigos, mas de vez em quando a desilusão é tão grande que não dá para continuar a viver numa amizade que em vez de ser uma relação acaba por ser uma simples e estupida ralação!

catherine disse...

Eu de certa forma fiz isso. Fez-me bem sabes :)

Menina disse...

Já me aconteceu com várias pessoas..umas deixaram mesmo de fazer parte da minha vida, mas também já perdoei muita coisa e já aturei coisas demais, vezes demais =S Enfim..

Se essas pessoas não te fazem realmente bem, tenta afastar-te delas quanto antes.

beijinho*

→ Calipso disse...

Já me tinham dito pa guardar esses livros, qe é o qe vou fazer :D Beijocas*

→ Calipso disse...

é verdd, yh qero ser adoptada! gtv de ser tua irma :p

→ Calipso disse...

Pá, pareces ser aqele tipo de pessoa qe gt de ter por perto :)